XII Seminário Anual Pensar a Educação, Pensar o Brasil

– 2019 –

“Educação no Brasil, tradições democráticas”

A educação nas Constituições outorgadas: diferenças e semelhanças com tendências atuais
Carlos Roberto Jamil Cury (UFMG/PUC-Minas)
04/04/2019
A partir de de uma leitura do direito à educação no Brasil através dos tempos, o professor Carlos Roberto Jamil Cury destacou a necessidade de se pensar o lugar em que os processos educativos se estabeleceram na construção da nação. Segundo o professor, em toda nossa história, a democracia e o autoritarismo vivem em tensão. Esse movimento estabelece pontos de atenção para aqueles que se dispõem a pensar a Educação no nosso país. A Democracia,  por ser democracia, permite o aparecimento de tendências desconstruidoras dos direitos e garantias consagrados, seja por conta de posições historicamente arraigadas em nosso país, seja por outras, herdadas mais recentemente, das ditaduras, seja por formações genéricas que que expressam ambiguidades.