Menu

Ano 7 – Nº 227/ sexta-feira, 08 de março de 2019

EDITORIAL

2019… Educação e Cidadania sob ataque!

Em 2007, quando começamos o projeto Pensar a Educação Pensar o Brasil – 1822/2022 objetivando disputar, no espaço público, os sentidos da educação, nem em nossos piores pesadelos imaginávamos que, uma década depois, teríamos uma quadrilha de milicianos, rodeada de ministros e ministras boçais e desonestos, no comando do país. Mas essa é, desgraçadamente, a situação em que nos encontramos hoje. Leia mais.

NAS ONDAS DA EDUCAÇÃO
O programa de rádio Pensar a Educação, Pensar o Brasil está de volta! Dia 11 de março retornamos às ondas da Rádio UFMG Educativa com discussões sobre a educação no Brasil e no mundo. Nesta segunda receberemos o professor Carlos Roberto Jamil Cury, que fará um balanço do último ano e apresentará suas perspectivas para o cenário educacional. Segunda também tem a Agenda da Educação com os principais eventos da semana, a coluna Educação em Pauta e a sessão especial Cinema Falado.

Todas as segundas-feiras, das 20h00 às 22h00, o programa Pensar a Educação, Pensar o Brasil vai ao ar pela Rádio UFMG Educativa 104,5 FM.

EDUCAÇÃO EM DEBATE
Educação pública: mudanças em curso no contexto de 2019 – Roberta Poltronieri – EXCLUSIVO
Inicia-se, pois, um remodelamento das ideias para educação no país, que visa transformar não só a forma como professores ensinam, mas o funcionamento das escolas

Sobre o movimento conservador e a militarização das escolas –  Marcelo Silva de Souza Ribeiro – EXCLUSIVO
Querer importar o modelo militar de escola como sendo o salvador apenas tendo como suporte o imaginário de uma autoridade que se daria pelo rigor da ordem ou do comando é algo fadado ao fracasso.

Ninguém falou sobre educação… nem sobre o “mito” – Joaquim Ramos – EXCLUSIVO
Ninguém falou sobre isso, nem sobre aquilo. Nada se disse; nem uma palavrinha. Nada! Havia um lanche aguardando na cantina da escola e, como acabamos de eleger um “mito”, foi desnecessário falar qualquer coisa.

BH: para além do pão de queijo e bares – Otávio Henrique Ferreira da Silva – EXCLUSIVO
Uma coisa é certa, além de bares, uma pitada de café e pães de queijo, vocês encontraram pelas bandas daqui, belos horizontes.

Ensino, paisagem e patrimônio ferroviário: a memória escolar contrária à perda das referências da comunidade – Vagner Luciano de Andrade – EXCLUSIVO
A memória das paisagens de entorno de escolas públicas mineiras e suas nuances precisa ser resgatada. Educandários são pequenos palácios do saber frutífero e da memória coletiva.

Leia mais.

LIVRE EXPRESSÃO
Dia internacional das mulheres, 8 de tantos marços, vale a pena comemorar? – Roberta Poltronieri – EXCLUSIVO
A reflexão que fica neste dia como outros dias não se atreve a fazer comparações históricas sobre a mulher, que é diversificada em cada território humano.

PESQUISA EDUCACIONAL
Representação simbólica por crianças surdas na educação infantil – Beatriz Aparecida dos Reis Turetta, Cristina Broglia Feitosa de Lacerda – Revista Horizontes (USF)
Realizamos uma pesquisa com o objetivo de encontrar os indícios do processo de desenvolvimento da linguagem escrita de crianças surdas que frequentam um Programa Inclusivo Bilíngue.

CIÊNCIA E TECNOLOGIA
Não deixemos os novatos e os velhacos fecharem a FAPEMIG! – Luciano Mendes
A população mineira acredita na importância da ciência e quer ter mais acesso ao conhecimento científico. Essa é uma boa notícia para que, num futuro próximo, possamos criar condições para que a FAPEMIG não precise mais passar pela situação que se encontra neste momento.

Leia mais.

EDUCAÇÃO PELO BRASIL
Bolsonaro diz que “há algo muito errado” em país gastar com educação – GGN
As mudanças da “Lava Jato da Educação” podem ir além de apurações de desvios: podem impactar no modo de ensino de escolas e professores

Leia mais.

​AMÉRICA LATINA
En 2019 tampoco habrá 180 días de clase en las escuelas públicas – La Nacion – Argentina
Paradojas de la política, aunque cada vez hay menos estudiantes en el sistema estatal, no deja de crecer la cantidad de puestos docentes.

Leia mais.

​PENSAR INDICA
Ação Educação Democrática tem o objetivo de  estimular sócios institucionais, associados individuais, parceiros nas redes do Movimento Educação Democrática e todas pessoas comprometidas com educação, como uma onda que poderá e deverá tomar características locais, a refletir possibilidades, impasses, demandas, limites, parcerias em cada contexto institucional. A ação é organizada pela ANPEd, em parceria com o Movimento Educação Democrática.

TIRINHA
Carol Rossetti

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *