Ano 2 – nº 047 / sexta-feira, 23 de maio de 2014

Fique atento às atrações do programa de rádio “Pensar a Educação, Pensar o Brasil” do dia 26 de maio de 2014
Todas as segundas-feiras, das 20h00 as 22h00, o programa Pensar a Educação Pensar o Brasil vai ao ar pela rádio UFMG Educativa 104,5 FM. O próximo programa, que vai ao ar no dia 26 de março, contará com a presença da Professora Vera Lúcia Moreira Nunes,  que irá falar sobre o Centro de Apoio ao Deficiente Visual (CADV), que oferece suporte acadêmico aos alunos cegos ou com baixa visão dos cursos de graduação, pós-graduação e disciplina isolada da UFMG.   Já na sessão especial teremos Educação e Literatura, além da agenda educativa, sorteio de livros e muito mais! Você pode ouvir pela internet acessando AQUI.

Ouça o programa “Pensar a Educação, Pensar o Brasil” da última segunda-feira, dia 19 de maio de 2014.

Tema: Dia Internacional dos Museus – 18 de Maio. 

Entrevistado: Nathalia Larsen e Paola Cunha.

VIII SEMINÁRIO “UNIVERSIDADE PÚBLICA: INCLUSÃO, DIVERSIDADE E QUALIDADE”

Na próxima quinta feira, dia 29 de maio, as 19 horas, acontece no auditório da Faculdade de Educação da UFMG, no Campus Pampulha, o quarto seminário do projeto “Pensar a Educação, Pensar o Brasil – 1822/2022” de 2014. Este ano o tema é “Universidade pública: inclusão, diversidade e qualidade” e o convidado do mês é Jaime Arturo Ramírez. Contamos com a participação de todos!

Empresa que investir na educação dos empregados poderá ter desconto no Imposto de Renda – Portal de Notícias do Senado

A empresa que pagar cursos de capacitação para seus empregados poderá ter direito a desconto no Imposto de Renda da Pessoa Jurídica. É o que prevê projeto de lei do senador Aécio Neves (PSDB-MG) aprovado, nesta terça-feira (20), pela Comissão de Educação (CE).

Educação promove seminário sobre dez anos do Prouni – Correio Braziliense

O Programa Universidade para Todos (Prouni) foi criado pela Lei 11.096/05, no governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, quando o ministro da Educação era Tarso Genro. Para o deputado Gustavo Petta (PCdoB-SP), que solicitou a realização do seminário, “o Prouni se revela num grande sucesso educacional, que ampliou largamente o acesso dos jovens de baixa renda ao ensino superior no Brasil”.

Marco da Educação Popular será lançado na Arena da Participação – Revista Gestão Universitária

Como parte da programação da Arena da Participação Social, a Secretaria-Geral da Presidência (SG-PR) lança o Marco de Referência de Educação Popular para as Políticas Públicas. A cerimônia contará com a presença da educadora Nita Freire, mestra e doutora em educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

‘A escola deveria ser um laboratório de falhas’ – Portal Porvir

Para melhorar a realidade da educação brasileira, é necessário mudar a maneira como os professores ensinam e como os alunos aprendem. Essa mudança conceitual defendida por Gustavo Borba, organizador doTEDxUnisinos e especialista no tema inovação na educação, pressupõe uma modificação no próprio conceito de escola.

Ausência de creches aumenta desigualdade social, afirmam especialistas – Portal IG

Estudiosos da educação infantil lamentam longo tempo gasto na construção de unidades escolares e dizem que manutenção das creches é o maior entrave para investimento de municípios.

Negros ocupam metade das bolsas do Prouni, diz MEC – Portal Terra

Metade dos beneficiados pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) é negra. A informação foi divulgada pelo secretário da Educação Superior do Ministério da Educação (MEC), Paulo Speller, em seminário que comemorou os dez anos do programa, na Câmara dos Deputados.

Mensalidade na USP? – Revista Carta Capital

O novo reitor da Universidade de São Paulo – USP – teve a infame tarefa de expor a realidade deixada por seu antecessor: a situação orçamentária da USP é crítica.

Disciplina em movimento – Revista Educação

Resolução da Secretaria Estadual de Educação de Minas Gerais abre brecha para que professores não formados em educação física ministrem as aulas nos anos iniciais do fundamental e coloca em discussão os fundamentos do seu ensino.

Reitores propõem a Dilma plano de expansão de universidades federais – Portal G1

Reitores de universidades federais apresentaram nesta quarta-feira (21) à presidente Dilma Rousseff, em reunião no Palácio do Planalto, uma proposta de expansão das universidades federais para os próximos dez anos.

Ildeu Moreira: ‘Brasil tem atraso histórico em difusão científica’ – Portal de História, Ciências e Saúde – Manguinhos

Na 13ª Conferência Internacional de Comunicação Pública de Ciência e Tecnologia, PCST, realizada em Salvador, o professor da UFRJ e ex-diretor do Departamento de Popularização e Difusão da Ciência do Ministério da Ciência e Tecnologia Ildeu Moreira falou ao jornal A TARDE sobre a divulgação científica no Brasil.

Tempo de escola nova – Revista Escola Pública

Em três anos, educação integral cresceu 139% no Brasil, mas ampliação ainda ocorre de forma desigual entre as etapas; formação docente e práticas isoladas são outros desafios.

Ensino a distância tem adesão em massa de universidades públicas consagradas – Jornal Estado de Minas

A adesão de instituições públicas de ensino superior de todo o país ao universo da educação a distância (EAD) foi a chancela que faltava para atestar a qualidade dessa modalidade de ensino.

Cortella: ‘A escola passou a ser vista como um espaço de salvação’ – Jornal O Estado de São Paulo

O filósofo, educador e professor Mario Sergio Cortella alerta que as famílias estão confundindo escolarização com educação; para ele, pais devem retomar seu papel.

Conheça as cinco metas do PNE para a Educação Básica – Jornal O Globo
Na próxima quarta-feira, deputados decidirão se aprovam as 20 metas que nortearão as políticas educacionais do Brasil pelos próximos dez anos. Se não houver novos adiamentos e se o aval for dado, o texto seguirá para a sanção da presidente Dilma Rousseff. Conheça aqui as quatro metas que tratam especificamente da do futuro dos alunos que estão na educação básica.

Educadores do Semiárido baiano fazem ato em Brasília – Rede Brasil Atual

Aproximadamente 500 educadores de escolas públicas da Chapada Diamantina e do Semiárido baiano fizeram hoje (17), em Brasília, um ato em defesa da educação.

Estudantes do Amapá terão oportunidade de fazer cadastro da meia-passagem a partir de junho – Jornal do Dia

A partir de 2 de junho, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Amapá (Setap) terá novas regras quanto ao cadastramento e recadastramento da meia-passagem. As alterações foram definidas durante reunião ocorrida nesta terça-feira, 20, entre Setap, Companhia de Transito e Transporte de Macapá (CTMac) e o Ministério Público do Estado (MPE).

Educação Física pode diminuir o preconceito nos esportes – Jornal O Estado do Ceará

Os lamentáveis episódios de discriminação étnica e preconceito observados de maneira crescente em jogos de futebol no Brasil e no exterior, muitos deles atingindo atletas de nosso país, ferem as leis, afrontam a Justiça, subvertem a ética e contrariam os mais significativos valores do esporte.

– PESQUISA EDUCACIONAL EM PAUTA –

Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação –  Alvaro Alberto Ferreira Mendes Junior

Este artigo examina a progressão de candidatos cotistas e não cotistas ingressantes em 2005 na instituição responsável pela primeira ação afirmativa no ensino superior brasileiro. Os resultados foram reveladores. Em relação aos coeficientes de rendimento (CR), foi possível perceber um pior desempenho entre os cotistas. Além disto, mostramos que a diferença entre os não cotistas e cotistas é maior em cursos com alta dificuldade relativa, e que os diferenciais de CR não tem diminuído significativamente ao longo do curso. Quando o foco da análise se direciona para as taxas de graduação e evasão, notamos um melhor desempenho entre os cotistas. A partir da análise da coorte definida, mostramos que os cotistas apresentam maiores taxas de graduação em 2009, 2010 e 2011. Também apresentam menores evasões durante o primeiro ano e ao restante do curso. Esta pesquisa conclui que os cotistas matriculados na UERJ tendem a atribuir um alto valor ao curso em que ingressam. Por isto, persistem em uma maior proporção na universidade a despeito de menores coeficientes de rendimento médios.

Projeto Pensar a Educação, Pensar o Brasil 1822/2022

www.pensaraeducacao.com.br

www.facebook.com/pensaraeducacaopensarobrasil

twitter.com/pensareducacao

EQUIPE:

Coordenação: Luciano Mendes

Conteúdo: Isabella Brandão

Produção: Luísa Marques

Site: Sandra Ribas

Divulgação: Hercules Santos e Marcella Franca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *