Menu

Ano 5 – Nº 155 / quarta-feira, 12 de abril de 2017

EDITORIAL

As Bases da Política

 

Na semana que passou o MEC encaminhou ao Conselho Nacional de Educação a 3ª versão da Base Nacional Comum Curricular. O documento, que vem sendo intensamente discutido nos últimos anos em todo o Brasil, é objeto das mais diversas controversas. Uma delas, que já foi abordada aqui nesse espaço, é que, desde o governo anterior, nos parecia demasiada a expectativa e o investimento na Base, como se por meio dela os principais problemas educacionais brasileiros viessem a ser resolvidos. Leia mais.

NAS ONDAS DA EDUCAÇÃO

O programa Pensar a Educação, Pensar o Brasil do dia 17 de abril receberá o presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG), professor Evaldo Vilela. Vamos conversar sobre o Prêmio Mares Guia, entregue a pesquisadores mineiros e instituições com atuação em C&T, além de discutir sobre a agenda de Ciência e Tecnologia no estado em 2017.

No programa de segunda também tem a Agenda da Educação com os principais eventos da semana, as colunas Educação em Pauta e Pensando Bem e a Sessão Especial Educação e Literatura com o professor Marcus Taborda.

Todas as segundas-feiras, das 20h00 às 22h00, o programa Pensar a Educação, Pensar o Brasil vai ao ar pela Rádio UFMG Educativa 104,5 FM

ENTREVISTA

O Livro na Escola – Melissa de Sá 

O programa de rádio Pensar a Educação, Pensar o Brasil do dia 10 de abril recebeu a escritora Melissa de Sá. Ela é autora do livro “A Última Tourada” e nos contou sobre a experiência de escrever para crianças, e o dia a dia da literatura na escola. 

CONVITE À LEITURA

Educação de Jovens e Adultos: uma breve reflexão – Dilene Pinheiro da Silva -EXCLUSIVO  

A educação de jovens e adultos no Brasil é um tema que tem sido motivo de discussões nas diversas esferas do governo, alvo de disputas e interesses dos mais diversos. A autora Vera Lúcia Nogueira em seu livro “A Escola Primária Noturna em Minas Gerais (1891-1924)”, descortina que desde a República, ou mesmo antes desde o império, o Brasil já possui a demanda de Educação de Jovens e Adultos.

EDUCAÇÃO EM DEBATE

Blog do Pensar

O Blog do Pensar a Educação iniciou, na última terça-feira, a debater sobre as eleições para a reitoria da UFMG em 2017. O artigo Eleições na UFMG: alargar a nossa capacidade de fazer política aborda a necessidade de a comunidade acadêmica reinventar sua forma de fazer política, uma vez que “essa exigência se coloca tanto no que se refere ao processo da disputa quanto na capacidade de elaborarmos políticas acadêmico-científicas à altura da UFMG”.  O texto  Democracia para quem, cara pálida?, publicado originalmente em 2008, também compõe a nova seção do Blog.

Jair Bolsonaro tem alguma utilidade? – Dalvit Greiner –  EXCLUSIVO

Assim a única utilidade que vejo numa figura como Jair Bolsonaro é apresentar-se como líder de um pensamento racista, homofóbico, sexista e muito daquilo de pior que carrega o gênero humano. 

Do lado de fora da toca – Aleluia Heringer Lisboa –  EXCLUSIVO  

Temos também um período de toca, quando nossos filhos precisam, aceitam e desejam estar ao nosso lado. Eles pedem nossa atenção. Querem a leitura da história na cama. Adoram fazer cabaninha ou piquenique no quintal. Querem nossa companhia para andar de bicicleta ou jogar bola. 

A USP do Futuro odeia as crianças – Ana Luiza Jesus da Costa –  EXCLUSIVO

No fim do ano passado, o Conselho Universitário, órgão decisório máximo da Universidade, aprovou a reabertura das vagas ociosas nas creches. O fechamento da unidade Oeste veio na contramão desta decisão do Conselho.

Educação Básica sem o básico para a Educação: É possível isso? – Ivanilda da Silva Cunha –  EXCLUSIVO   

A educação básica é que mais tem sofrido com as mudanças infindáveis, nem sempre pensadas por alguém que está na área da educação, e geralmente sem consultar os professores.

Os excluídos do interior e o sistema de ensino público – Roberta Poltronieri –  EXCLUSIVO

Longe de pretender mostrar soluções prontas para os problemas postos em nossa sociedade, principalmente na esfera educacional, ao estudarmos as pesquisas de Bourdieu, notamos que o movimento de refletir sobre a educação pública, torna-se importante, para a consciência crítica dos acontecimentos frente a nossos alunos.

Incluir, interpretar a realidade, aprender: Expressar-se!  – Tiago Tristão Artero –  EXCLUSIVO

O que penso em propor são ‘Círculos para Integração no Processo Socioeducativo’, ou seja, momentos nos quais tentar-se-á promover pequenas aberturas na capacidade de expressar-se (seja qual for a habilidade de expressar-se), via estímulo das capacidades já existentes no indivíduos. 

Base Nacional Comum Curricular – Educação em Pauta – Professor Marcus Taborda

Na última quinta feira, o MEC entregou ao Conselho Nacional de Educação, o texto da Base Nacional Comum Curricular. O documento estabelece os direitos, os conhecimentos, as competências e os objetivos de aprendizagem para todas as crianças e adolescentes brasileiros desde a Educação Infantil até o Ensino Médio. A Base será referência obrigatória para a elaboração dos currículos nos estados, nos municípios, na rede federal e nas escolas particulares. Sua implementação pretende assegurar a igualdade de aprendizagem. Na coluna desta semana o jornalista Vinicius Luiz Conversou com o professor Marcus Taborda sobre o texto entregue ao CNE. 

Défcit previdenciário, o que isso quer dizer? – Pensando Bem – Professora Denise Gentil (UFRJ)

A coluna Pensando Bem desta semana traz a opinião da professora e pesquisadora da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Denise Gentil, sobre a Reforma da Previdência. Uma das maiores especialistas em seguridade social, a pesquisadora fala sobre o chamado déficit da previdência.

Leia mais.

PLANOS DE VISTA

Parabéns, trabalhadores em educação! – Carlos Henrique Tretel – EXCLUSIVO

Se hoje os jovens já demonstram pouco interesse com a carreira de educador, imagine só como será se dessa carreira for retirado o direito legítimo de se aposentar… Certo é que se isso acontecer não haverá plano de educação que mantenha a mínima possibilidade de dar certo… 

PESQUISA EDUCACIONAL

Maria Cristina Soares Gouvea, Karina Nicácio, Brasil. Escolarização e territorialidade na cidade republicana: Belo Horizonte (1897-1912) – Revista História da Educação v. 21, n. 51, jan./abr., 2017

O artigo tem como tema as relações entre demandas sociais e políticas estatais de instrução no decorrer da Primeira República. Tendo como cenário a cidade de Belo Horizonte, materialização do projeto republicano de ordenamento urbano, busca-se analisar o acesso à instrução das distintas populações, a partir de sua ocupação do território.

CIÊNCIA E TECNOLOGIA

Percursos da divulgação científica em História – Thayse Menezes – EXCLUSIVO

Na tarde da última segunda-feira, a UFMG recebeu o historiador Luciano Figueiredo (UFF) para a aula inaugural da Formação Transversal em Divulgação Científica da instituição.

O previsível fiasco do ensaio clínico da fosfoetanolamina, a improvável “pílula do câncer” – Revista Comciência 

O desenvolvimento de novos medicamentos é um processo complexo, longo, caro e altamente seletivo, com elevadíssima taxa de insucesso, comenta Francisco José Roma Paumgartten, professor e pesquisador titular da Escola Nacional de Saúde Pública da Fiocruz 

“O pior inimigo da Ciência não é Deus; são os políticos e a propaganda” – El País Brasil

Pesquisador comenta os êxitos da ciência e os fracassos da religião na interpretação dos fatos e na percepção da realidade 

 
Especialistas defendem parceria com o setor privado para estimular investimentos em ciência e tecnologia – MCTIC

No Ciclo de Seminários do MCTIC, o assessor Luiz Fernando Fauth disse que esse seria um caminho para atingir a meta histórica de 2% do Produto Interno Bruto (PIB) em investimentos no setor. “A situação é desafiadora”, afirmou

Leia mais.

EDUCAÇÃO PELO BRASIL

Liminar concedida pelo Ministro Barroso afirmando ser inconstitucional o “projeto Escola sem Partido” 

Trata-se de duas ações diretas de inconstitucionalidade – ADI 5537 e ADI 5580 – propostas pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimento de Ensino – CONTEE e pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação – CNTE, respectivamente, em que se pleiteia a declaração da inconstitucionalidade da Lei 7.800, de 05 de maio de 2016, do Estado de Alagoas. 

MEC retira termo “orientação sexual” da versão final da Base Curricular – Agência EBC Educação

Em nota, o MEC diz que o documento “preserva e garante como pressupostos o respeito, a abertura à pluralidade, a valorização da diversidade de indivíduos e grupos sociais, identidades, contra preconceito de origem, etnia, gênero, convicção religiosa ou de qualquer natureza e a promoção dos direitos humanos”.

Leia mais.

AMÉRICA LATINA

Primera marcha Confech del año: Acción de encapuchados empaña masiva convocatoria –  La Tercera, Chile

Pasadas las 11.00 horas de este martes se dio inicio a la primera marcha estudiantil del año. Agrupados en la Confech y con el apoyo de algunos gremios, piden que la ministra atienda sus propuestas y que la reforma no se vote de manera apresurada. 

Leia mais.

PENSAR INDICA

O livro “Por uma pedagogia das juventudes” se propõe a fazer o que Paulo Freire nos sugere: pensar a prática, acreditando, como ele, que essa é a melhor maneira de aprender a pensar certo. Trata-se de uma reflexão sobre a trajetória e as experiências educativas desenvolvidas pelo Observatório da Juventude da UFMG, que, desde o seu surgimento, em 2003, se caracteriza como um programa de extensão, ensino e pesquisa em torno da temática da educação, cultura e juventude. Clique no link e faça o download do livro. Boa leitura!

INDICAÇÃO DO LEITOR

Participe do nosso jornal enviando sua indicação para o e-mail:

OPINIÃO DO LEITOR

Participe do nosso jornal enviando sua opinião ou comentário para o e-mail:

TIRINHA

Diogo Cavalcanti do Nascimento – EXCLUSIVO  

É permitida a reprodução dos textos exclusivos, desde que seja citada a fonte.

O conteúdo dos textos publicados pelo Pensar a Educação em Pauta é de inteira responsabilidade de seus respectivos autores e não expressa necessariamente as opiniões de seus editores.

Projeto Pensar a Educação, Pensar o Brasil 1822/2022

Coordenação Geral – Luciano Mendes de Faria Filho e Tarcísio Mauro Vago

Pensar a Educação em Pauta
Coordenação Geral – Priscilla Bahiense e Luciano Mendes
Coordenação de Pesquisa e Diagramação: Sandra Ribas

Av. Antônio Carlos, 6627 – Belo Horizonte – MG – CEP: 31270-901
E-mail: jornalpepb@gmail.com – Telefone: (31) 3409-5355

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *