Ano 3 – nº 089 / sexta-feira, 03 de julho de 2015

EDITORIAL

Educação: um semestre perdido?

Depois da acirrada disputa em que Dilma Rousseff saiu vitoriosa nas eleições presidenciais  do ano passado, a posse da presidente eleita foi marcada por grandes expectativas acerca da pessoa que seria escolhida para dirigir os rumos da educação brasileira. O momento era visto por todos como uma rara oportunidade de avançarmos na construção ou consolidação de políticas que significassem um passo largo no enfrentamento dos grandes problemas da educação nacional. A estratégia estava na ponta da língua: operacionalizar o PNE! Continue Lendo.

NAS ONDAS DA EDUCAÇÃO

6 de julho é dia de Tese do mês no Pensar a Educação, Pensar o Brasil. Vamos receber a radialista Luiza Glória. Ela acabou de defender sua dissertação de mestrado intitulada “CANTANDO AS VERDADE DAS COISA DO NORTE – A Comunicabilidade da Poesia Sertaneja de Patativa do Assaré”.

Segunda também tem Reportagem Especial, a agenda da educação com os principais eventos da semana e o professor Marcus Taborda na coluna Educação em Pauta.

Todas as segundas-feiras, das 20h00 às 22h00, o programa Pensar a Educação Pensar o Brasil vai ao ar pela rádio UFMG Educativa 104,5FM.

ENTREVISTAS

“Desvendando Hildegarda de Bigen” – Professora Mirtes Emília – EXCLUSIVO

No Pensar a Educação, Pensar o Brasil do dia 29 de junho, a professora e doutoranda da Faculdade de Letras da UFMG Mirtes Emilia Evaldo Vilela, Esteve nos estúdios da Radio UFMG Educativa para contar um pouco sobre Hidegarda de Bigen. Objeto de pesquisa de Mirtes, Santa Hildegarda é uma das figuras mais importantes do século XII.

“Grandes grupos econômicos estão ditando a formação de crianças e jovens brasileiros” – Entrevista do prof. Roberto Leher, Reitor eleito da UFRJ,  ao Brasil de Fato

Em entrevista exclusiva, novo reitor da UFRJ, Roberto Leher, aponta os impactos da lógica mercantilizada sobre a educação brasileira e como grupos financeiros tentam dominar a educação pública.

“O Inep que a sociedade precisa”: entrevista a José Carlos Rothen

Na entrevista, Rothen enfatiza a necessidade de o Inep estudar e explorar, em profundidade, os dados e os índices que produz e, assim, melhor contribuir para se pensar educação no Brasil.  

CONVITE À LEITURA

A dica deste número é o Centro Internacional de Cultura Escolar – CEINCE –Vera Gaspar – EXCLUSIVO

Este importante centro de estudos e pesquisas, se constitui não só como depositário de um valioso acervo de manuais escolares, além de objetos, biblioteca especializada como também naquilo que seu diretor, Professor Doutor Agustín Benito Escolano, chama de “escola invisível”.

EDUCAÇÃO EM DEBATE

A ideologia de gênero e a intervenção política no currículo escolar: “eu quero uma pra viver?” – Joaquim Ramos e Sandro Santos  EXCLUSIVO

Gênero, sexo e sexualidade, em seu conjunto, são conceitos abstratos, isto é, interpretações que historicamente foram construídas, desconstruídas e reconstruídas sobre os corpos masculinos e femininos.

A educação e o papel do estado na China em perspectiva de longa duração – Matheus da Cruz e Zica – EXCLUSIVO

Entre Comunismo e Capitalismo o governo chinês escolheu o caminho do meio:

ying e yang, isso e aquilo, ao invés de isso ou aquilo. Entre esses elementos conflituosos e móveis, o que parece permanecer é o antigo ideal de um império forte do reino do meio, que voltara a seus trilhos a partir de 1949 e que se encaminha para um futuro promissor.

Pela via da emancipação: educação integral e cidade educadora – Marcelo Silva de Souza Ribeiro – EXCLUSIVO

Este texto foi elaborado, incialmente, para atender ao convite de uma mesa redonda do I Fórum Municipal de Educação de Petrolina – PE (2014 – 2024), cuja a temática foi “Educação Cidadã e de Qualidade para Todos”.

O que determina o acesso ao ensino superior?  Karla Magda Rodrigues Ferreira – EXCLUSIVO

Sempre falamos sobre o que fazer para mudar a realidade destes alunos de modo que contribuamos para seu acesso ao Ensino Superior, mas talvez o primeiro passo seja justamente o mais fácil: informar sobre suas possibilidades, e sobre os caminhos que levam à concretização deste sonho.

As propostas da CONFECOM para a Educação – Marlos Bezerra de Melo –EXCLUSIVO

As propostas da sociedade civil para a Confecom que se encontram em convergência com as questões educacionais são importantes porque abrem espaços para um profundo debate que necessita ser continuado dentro do campo educacional brasileiro.

A estruturação da Base Nacional Curricular – Educação em Pauta – Marcus Taborda

O Governo Federal prepara a base nacional curricular para a Educação Básica. Mas existem divergências entre o projeto organizado pelo Ministério da Educação e o projeto defendido pela Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República. Na coluna Educação em Pauta do dia 29 o professor Marcus Taborda conversou com o jornalista Vinicius Luiz sobre o assunto.

Leia mais.

CIÊNCIA E TECNOLOGIA

O papel das políticas e das universidades públicas nas questões de ciência e tecnologia – Reinaldo Bechler  EXCLUSIVO

Construir uma relação entre ciência e sociedade em que haja, de fato, uma interação entre elas será uma empreitada que exigirá novas formas de metrificação científica. E isso afeta diretamente o tal tripé Ensino, Pesquisa, Extensão. Ou seja, como criar parâmetros para qualificar a produção de um cientista nessas três áreas?

‘Financiamento da Ciência no Brasil’ é tema do 4º Salão Nacional de Divulgação Científica – Jornal da Ciência

Os países que mais investem em pesquisa científica e tecnológica são também, e não por acaso, as maiores potências em desenvolvimento econômico, social e político do mundo. O Brasil ainda está distante desta realidade, mas, ao mesmo tempo, vive um momento ímpar: ascendeu economicamente, conquistando expressão política mundial. 

Leia mais.

EDUCAÇÃO PELO BRASIL

Resposta Capes à SBPC e à ABC – Pibid – Portal da Capes

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) registra e agradece o recebimento da carta emitida a essa agência em que a SBPC e a ABC solicitam esforço pela continuidade do financiamento ao Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid) em todo o País. 

Quatro em dez professores fazem jornada extra para completar renda – Folha de São Paulo

Hoje, quatro em cada dez docentes da rede básica no país, ou 41% do total, fazem atividades dentro e fora da educação para complementar a renda. Desse universo, 10% chegam a atuar em atividades fora da educação.

Leia mais.

AMÉRICA LATINA

Espionaje escolar: el gobierno porteño se mete en las computadoras de los docentes (El Argentino, Argentina)

Maestros de la Ciudad denunciaron que en sus computadoras se registraron accesos externos, les borraron documentos y les inventaron carpetas de archivos. “Estaba trabajando y vi que me desaparecían archivos de la carpeta Mis Documentos. 

Leia mais.

PESQUISA EDUCACIONAL

QUIRINO, Glauberto da Silva. Saber científico e etnoconhecimento: é bom para quê? Ciência e Educação, Bauru, v.21, n.2, p.273-283, abr.-jun. 2015.

Análise reflexiva e interpretativa do quadro É bom pra quê? do programa de televisão Fantástico, apresentado pelo médico Drauzio Varella, que foi veiculado em rede nacional entre os meses de agosto e setembro de 2010 em cinco episódios, com duração média de 10 minutos. 

PENSAR INDICA

Mapa Educação é um movimento que tem como objetivo engajar o jovem no debate nacional para uma educação de maior qualidade. A primeira iniciativa, o Manifesto Mapa do Buraco, dez uso de entrevistas com mais de cem líderes educacionais, que deram base para a construção de um documento apontando os principais problemas da nossa educação, apresentando também algumas soluções criadas e implementadas em diferentes cidades pelo país afora. Vale a pena conhecer!

INDICAÇÃO DO LEITOR

Tamiris Guimarães – Palestra “Uma abordagem reflexiva e dialógica para a avaliação de contextos educativos” – (NEPEI/FaE)

Participe do nosso boletim enviando sua indicação para o e-mail 

OPINIÃO DO LEITOR

Comentários pelo Facebook:

Sérgio Mascarenhas em 26/06/2015 (EDUCAÇÃO EM DEBATE – Edição 088 – 26/06/2015 – Plano Nacional de Educação: Primeiro ano/Isaac Roitman)

Conceitos fundamentais assinalados sabiamente pelo Gurú do Futuro e da Educação,Isaac Roitman.

Aldo Paviani em 26/06/2015 (EDUCAÇÃO EM DEBATE – Edição 088 – 26/06/2015 – Plano Nacional de Educação: Primeiro ano/Isaac Roitman)

Excelente artigo e oportunas lembranças/recomendações. Meus cumprimentos. Sua batalha é de todos nós – aderentes ao educacionismo.

Maria Cristina Gouvêa em 26/06/2015 (EDITORIAL – Edição 088 – 26/06/2015 – PIBID: o caso de um projeto exitoso?)

Esta questão ultrapassa o PIBID e demonstra o quanto o discurso da priorização da educação pode ser mais um reproduzido ao longo de nosa história.

Joaquim Ramos em 03/07/2015 (EDITORIAL – Edição 088 – 26/06/2015 –PIBID: o caso de um projeto exitoso?)

O país está atolado em contradições e falácias! Em tempos de crise, a educação paga o “pato”!

Participe do nosso boletim enviando sua opinião ou comentário para o e-mail 

TIRINHA

Quino 

É permitida a reprodução dos textos exclusivos, desde que seja citada a fonte.

O conteúdo dos textos publicados pelo Pensar a Educação em Pauta é de inteira responsabilidade de seus respectivos autores e não expressa necessariamente as opiniões de seus editores.

Projeto Pensar a Educação, Pensar o Brasil 1822/2022

Coordenação Geral – Luciano Mendes de Faria Filho e Tarcísio Mauro Vago

Pensar a Educação em Pauta
Coordenação Geral – Priscilla Bahiense e Luciano Mendes
Coordenação de Pesquisa e Diagramação: Sandra Ribas

Av. Antônio Carlos, 6627 – Belo Horizonte – MG – CEP: 31270-901
E-mail:  – Telefone: (31) 3409-5313

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *