Educação em debate, edição 196

Como esvaziar presídios – Dalvit Greiner – EXCLUSIVO
Com um percentual de 61% de presos com ensino fundamental incompleto, o primeiro investimento a ser feito no processo de ressocialização deveria ser na construção de um programa educativo.

A Educação Física na escola já é legítima? – Aroldo Luis Ibiapino Cantanhede – EXCLUSIVO
Qual é o real objetivo da Educação Física na escola? Qual o real motivo para que ela possa ser uma disciplina obrigatória na Educação Básica? Ela está lá por conta do esporte, da saúde, ou da educação?

Memorização x subjetividade: contribuições construtivistas para a formação de agentes socioculturais – Vagner Luciano de Andrade – EXCLUSIVO
A escola com práticas construtivistas tende a interessar mais o educando, fazendo-o descobrir e desenvolver habilidades sem ser taxado ou imposto a uma sequência de conceitos teoricamente organizados em disciplinas.

Nota de Repúdio do NEPEI/FaE/UFMG à violência policial contra professoras da Educação Infantil de BH – Sind REDE BH
REPÚDIO à violência policial contra professoras, famílias e crianças em luta por carreira e salários dignos para professoras(es) da Educação Infantil do município de Belo Horizonte…

Nota de Repúdio do NEPEI/FaE/UFMG à violência policial contra professoras da Educação Infantil de BH – Sind REDE BH
REPÚDIO à violência policial contra professoras, famílias e crianças em luta por carreira e salários dignos para professoras(es) da Educação Infantil do município de Belo Horizonte…

Em conselho de classe participativo, escola e família se unem pelo sucesso do estudante – Instituto Net Claro Embratel
Medidas evitam que reunião vire um momento de embate entre professores e alunos.

Avaliação e atualização da Política Nacional de Educação Especial devem ocorrer em breve – Inclusive
Há cerca de dez anos atrás, o Brasil firmava – através do Ministério da Educação (MEC) – um de seus documentos norteadores no sentido de orientar a política nacional de educação especial e o atendimento de alunos com deficiência nos sistemas de ensino.

O que a expansão da Kroton representa para a educação no país – EXAME
Parcela dos educadores teme que a presença do grupo leve a uma padronização do ensino. “Eles têm um papel diante do país, não só diante de acionistas.”

Cadê o professor que estava aqui? – Todos Pela Educação
O futuro da profissão professor está em risco, mas ainda é possível formarmos mais e melhor professores para o futuro

Claudia Costin criou centro de pesquisa com a FGV em busca de soluções para o ensino brasileiro
Segmentos radicais da sociedade pretendem empregar as instituições em prol de seu proselitismo religioso
O Bird, a Kroton e os tentáculos privatistas sobre a educação – Vermelho
Está-se falando da privatização da escola pública com a total anuência do Estado, que se coloca inteiro a serviço do capital.
A presença das chamadas competências socioemocionais no ‘coração’ da Base Nacional Comum Curricular sinaliza para uma ampla mudança das práticas pedagógicas na educação básica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *