Para lá do inverno

Cláudia Chaves Fonseca

Um dos grandes lançamentos editoriais deste ano é o livro de Isabel Allende, intitulado Para lá do inverno. A escritora, que se tornou conhecida há 35 anos, em 1982, quando publicou A casa dos espíritos, escreve agora a respeito dos Estados Unidos – país no qual se radicou – atual, país marcado pela era Trump, no qual questões morais e políticas estão à flor da pele.

O livro conta a história de três pessoas que se reúnem em virtude de uma tempestade de neve: uma chilena, uma imigrante guatemalteca e um professor norte-americano. Para escapar da tempestade, eles se encontram em uma casa no Brooklyn, onde passam três dias. A narrativa trata da vivência de cada um, ao mesmo tempo em que nos leva a pensar questões identitárias, de gênero, a solidariedade humana, entre outras.

A “pegada” política do livro, inegável, não é porém derrotista, mas esperançosa. Por isso, o convite à leitura da obra.

Uma escritora latino-americana

Isabel Allende nasceu no Peru em 1942, mas tem nacionalidade chilena, uma vez que é sobrinha do ex-presidente Salvador Allende. Jornalista, trabalhou no Chile, na Venezuela e nos Estados Unidos, onde mora atualmente. Seu grande sucesso, o livro A casa dos espíritos, a levou a ser reconhecida internacionalmente como escritora latino-americana. A obra conta a história da família Trueba, constituída pelo patriarca Estevam, fazendeiro e político conservador, sua mulher Clara – que possui poderes de clarividência – seus filhos e a neta Alba. O contraste entre a personalidade rude e violenta de Trueba e a delicadeza de sua esposa é o pano de fundo para contar a história do Chile no século XX, entre a tradição e a modernidade. O livro foi adaptado para o cinema em 1993.

A escritora também é conhecida por outras obras como Eva Luna (1985), Paula (1991) e Filhas da Fortuna (1999). Após algum tempo sem publicar, fazendo palestras e lecionando, Isabel Allende volta à literatura com Para lá do inverno. Boa leitura!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *