Editorial 244 Ciência Não é Gasto

Ciência e Política

EDITORIAL Nº244, 05 DE JULHO DE 2019
Neste fim de semana, em todo o país, comemora-se o Dia Nacional da Ciência e o Dia Nacional do Pesquisador Científico. Oficialmente, a data é 08 de julho, mas as comemorações ocorrem sábado e domingo para favorecer a interação dos pesquisadores e das pesquisadoras com a população por meio de mostras, palestras, jogos e várias outras atividades.
Na verdade, neste momento, há muito pouco a se comemorar no campo das ciências no Brasil. A comunidade científica brasileira está assistindo, estarrecida, a destruição das políticas e das instituições responsáveis pela produção científica nacional. Um governo que adotou como plataforma o elogio à ignorância, não pode mesmo ter apreço pela educação e pela ciência.
O discurso de ódio e de violência contra os professores, como se estes fossem os novos inimigos da pátria, tem a mesma origem que a adoção de posições anti-científicas como políticas de governo. Neste sentido, um governo que se propõe a dirigir o país com base nos preceitos bíblicos, e não na Constituição da República, verá também, além dos professores, as ciências e os cientistas como inimigos que devem se combatidos.
Tanto no plano das políticas internas quanto nas políticas externas, estamos vendo o governo brasileiro pautar suas ações em posições anti-científicas e se aliar ao que existe de pior em termos de educação, saúde, meio ambiente e demais dimensões cruciais para a vida nacional e planetária. Por tais posições, infelizmente, pagaremos, todos, muito caro.
Não somos daqueles que acreditam que a ciência ou, mesmo, a educação têm o poder de nos retirar do abismo em que nos metemos ao longo de nossa história. As nossas desigualdades, a violência contra a população negra e pobre, contra as mulheres e a população LGBT, o racismo e o machismo de nossas instituições, o autoritarismo e a desfaçatez de nossas elites, dentre outros aspectos estruturantes da sociedade brasileira, não serão superados apenas com mais educação e ciência. No entanto, sabemos também, com absoluta certeza, que sem uma boa educação e sem uma ciência de qualidade, jamais superaremos tais estruturas injustas e desiguais.
As comemorações do Dia das Ciências e do Dia do Pesquisador Científico são, pois, boas oportunidades para expressar e demonstrar o valor dos conhecimentos científicos e a contribuição dos cientistas para a construção de um Brasil melhor para todos e todas. No entanto, no momento em que a ignorância e o obscurantismo são tomados como políticas de governo, as comemorações são também boas oportunidades para denunciar as atitudes nefastas do governo Bolsonaro em todas as dimensões da vida nacional e para reforçarmos a luta contra o bolsonarismo em suas mais diversas representações.