Menu
Por Vergonha Da Mãe

Por vergonha da mãe

Joaquim Ramos O ano era 1975 e o menino tinha uns nove, talvez, dez anos de idade, no máximo. Frequentava regularmente a escola pública. A pobreza da família obrigava-o, de modo irremediável, ir descalço para a escola – como outras…

Leia Mais
Um Estado De Loucos!

Um Estado de loucos!

Joaquim Ramos   Eu juro que é melhor Não ser o normal Se eu posso pensar que Deus sou eu! (Os Mutantes – Balada do louco) Numa das ruas de Ibirité, onde resido, voltando para casa, uma chorosa senhora se…

Leia Mais