Educação Infantil e seus debates

Carlos Henrique Tretel

Ouvindo pela Educativa UFMG 104,5 FM a roda de conversa em que foi entrevistada a professora Evangely Albertini (ou Rodrigues?) no último dia 12, A Educação Infantil e as questões municipais, , veio-me o desejo de ver participando do bate-papo a Márcia e a Renata, professoras da rede de ensino paulistana, que eu ouvira recentemente falar também sobre as conquistas e os desafios postos à educação infantil, até para que chegássemos a uma avaliação melhor sobre a situação em que se encontra essa etapa da educação básica nos municípios de nossa região.

Em meu socorro, felizmente,  vêm ainda em boa hora as modernas tecnologias da informação e comunicação, possibilitando, de alguma maneira, seja isso possível, agregando à medida do possível mais planos de vista que nos ajudem a ter essa melhor avaliação. Com vocês, então – car@s leitor@s do Pensar a Educação, Pensar o Brasil, 1822-2022 –  como se presentes estivessem à roda de conversa em pauta, as professoras Márcia e a Renata, acompanhadas do presidente da Câmara de Vereadores de São Paulo, Antonio Donato,  falando sobre as Conquistas na Educação Infantil,

E sobre os desafios logicamente. Tão grandes que já está mais do que na hora de formalizar aquele convite da  PLANOS DE VISTA aos parlamentares membros das comissões de educação da Câmara de Vereadores de São Paulo, da Assembleia Legislativa de São Paulo, da Câmara dos Deputados e do Senado Federal.

Estou acabando de escrever o convite. Endereço-o também aos parlamentares da Câmara de Vereadores de Belo Horizonte e da Assembleia Legislativa de Minas Gerais?  O que você acha, leitor@ ?  

Vamos aumentar essa roda de conversa?