Menu

Educação em Debate, edição 285

As Forças Armadas e a garantia da Lei e da Ordem –  Antonio Carlos Will Ludwig – EXCLUSIVO
O artigo 142 da Constituição Federal estabelece três tarefas para as Forças Armadas, quais sejam a defesa da pátria, a garantia dos poderes constitucionais e a garantia da lei e da ordem.

Michel de Montaigne, um educador freireano – Carlos André Martins Lopes – EXCLUSIVO
O título desse texto constitui-se como uma provocação. Paulo Freire foi um educador brasileiro do século XX; Michel de Montaigne, um pensador francês do século XVI. Acredito que esta informação baste para explicar o que chamei de provocação.

Estátuas no contexto educativo: ignorá-las ou (re) significá-las? – Ivangilda Bispo dos Santos e Mariana Rabêlo de Farias – EXCLUSIVO
Aos professores e professoras cabe interpretar as referências socio-históricas junto com aos/as estudantes, como uma forma de facilitar a compreensão dos significados e sentidos de determinado patrimônio.

É preciso parar – Dalvit Greiner – EXCLUSIVO
O problema das elites é que tinha um povão que não estava nem aí para essa ideia de ser brasileiro e, na falta de diálogo, quebrava o pau na tentativa de achar o seu lugar, o que comer e uma forma de viver melhor.

A carnavalização da ação política em hashtags (#) – Daniel Machado da Conceição – EXCLUSIVO
No espaço virtual descobrimos inúmeras oportunidades de comunicação, ensino, aprendizado, empreendedorismo, entretenimento, distração, perda de tempo e também um maior engajamento no cyberativismo.

Discussões de gênero no ambiente escolar: uma necessidade evidente – Raquel Barreto Nascimento – EXCLUSIVO
Em nossa sociedade, os papéis de gênero estão delimitados. Nessas configurações, algumas atividades são voltadas unicamente para as meninas e outras, para os meninos.

O que nos diz o novo FUNDEB e a indicação de Milton Ribeiro para comandar o MEC? – Christian Lindberg (para o Blog do Prof. Christian)
Enquanto a parte civilizada da sociedade brasileira se preocupa e pauta os temas mais relevantes para a educação brasileira, a exemplo do novo FUNDEB, percebe-se a disposição do governo federal de alimentar o combate contra o inimigo invisível.

Gente que aprende a se reinventar
Nesse episódio do podcast DEPOIS DA AULA recebemos Isaura Capila Melo de Oliveira, graduada em pedagogia e direito, vice-diretora de uma Escola Municipal de BH, e professora de carreira há 22 anos. Conversamos sobre as relações que permeiam a escola e a comunidade em que ela está e os desafios de professores ao tentar se reinventar de diversas maneiras durante a pandemia.

Teatro e a Pandemia: Corporalidades na Educação
O PENSAR ao Vivo do dia 15 de julho, refletiu como educadores, atores e pesquisadores estão encarando a realidade do Ensino de teatro e pensam nas possibilidades desta disciplina para vivenciar a pandemia. Thiago Rosado e Libéria Neves receberam nessa live o artista e professor de teatro Raysner de Paula, o artista e professor da UFMG Vinícius Lírio e a atriz e pesquisadora Rafaela Kênia.

Aprender pela dor só vale quando se fala em dor como esforço ou sacrifício – CBN
Há pessoas que acham, de fato, que só é possível ensinar infringindo dor ao jovem, mas, segundo Mario Sergio Cortella, isso não é mais colocado como um ‘modo educativo prudente’.

Ensino híbrido é tendência para a vida escolar no mundo pós-pandemia – EBC
O chamado blended learning crescerá após pandemia, diz especialista

Os desafios de uma incerta retomada das aulas presenciais – Revista Educação
Entenda as dificuldades pós-isolamento do coronavírus e quais as diretrizes do MEC, junto do CNE, em relação a esse cenário.

Relatório do FUNDEB: copo meio cheio, meio vazio – Avaliação Educacional
O texto ora divulgado é, diga-se logo, um importante passo de uma bem sucedida articulação das forças centristas no Congresso.

“Só temos um caminho para o progresso: educação, ciência e humanismo” – Jornal da Ciência
Com uma mensagem de esperança para os jovens cientistas, o físico e químico Sérgio Mascarenhas fez a conferência de abertura da Mini Reunião Anual Virtual da SBPC.

Um pacto pela educação – Antônio Gois (para O Globo)
Qualquer política pública que almeje impactar na ponta a rotina da imensa maioria dos estudantes brasileiros precisa estar muito bem articulada com as redes municipais e estaduais de ensino.

FUNDEB já! É necessário. É urgente – SBPC
Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência manifesta-se em defesa dos recursos públicos para o cumprimento dos princípios constitucionais, e pela necessidade e urgência de votação da PEC nº 15/2015, conforme a proposta da relatora, a deputada Professora Dorinha Seabra Rezende.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *