Menu

Educação em Debate, edição 278

Trabalho essencial – Dalvit Greiner – EXCLUSIVO
Qual seria o trabalhador essencial além daqueles que cuidam da água, da comida e da casa. São as professoras e os professores justamente porque são aqueles que cuidam do futuro da humanidade.

Sobre a Pedagogia Tradicional e a marginalização – Lucas Carneiro Costa – EXCLUSIVO
Como anteriormente se ensinava abertamente nas comunidades, todos aprendiam e era livre a participação. Com a escola fixa e em um espaço único, poucos passam a ter a mobilidade e a competência material de se dirigir até a escola.

1920 e 2020: a educação que nos convémRaquel Melilo e Renata Fernandes Andrade Maia de Andrade – EXCLUSIVO
Nesse contexto a educação escolar, na década de 1920, foi vista como instrumento capaz de adequar o povo brasileiro a esse novo processo civilizatório.

Escola Pública e Democracia
Luiz Carlos de Freitas (UNICAMP) e Heleno Manoel Gomes Araujo Filho (CNTE) conversam sobre o cenário da educação pública e a luta por direitos no Brasil. A discussão observou o cenário da educação pública do país, as políticas públicas e as lutas na defesa do acesso à uma educação universal e de qualidade.

Em quarentena: 83% dos professores ainda se sentem despreparados para ensino virtual – Instituto Peninsula
Pesquisa do revela que após seis semanas de isolamento, professores brasileiros não receberam suporte suficiente para ensinar à distância nem suporte emocional das escolas.

Perspectivas para Formação de Professores Pós Pandemia -Univasf
Palestra de Bernadete Gattidiscute os acaminhos para a formação doente.

GEC (UFBA): Educação em Tempos de Pandemia – Avaliação Educacional
O Grupo de Pesquisa Educação, Comunicação e Tecnologias (GEC) da Faculdade de Educação (FACED) da Universidade Federal da Bahia (UFBA) divulga o documento: “Educação em tempos de pandemia: reflexões sobre as implicações do isolamento físico imposto pela COVID-19”.

Educação, desigualdade e COVID-19 – Alexandre Silva Virginio (para o boletim Cientistas Sociais contra o Coronavirus)
O ano de 2020 será lembrado por ser o primeiro ano do resto de nossas vidas. O ambiente educacional teve que responder ao contexto epidêmico.

A retomada do ensino pós-pandemia– Carlos Frederico Rocha, Maria Fernanda Elbert e Bruno Souza de Paula (para o Blog Ciência & Matemátic/O Globo)
Seremos, portanto, forçados a reorganizar a nossa vida coletiva até que estejamos imunizados ou que haja um tratamento eficaz.

Olhares: instituições educativas centenárias de Cuiabá – Alexandra Lima
Como os vários cidadãos da capital matogrossense vêm s isntituições da Cidade.

Em defesa da vida e do direito à educação – CNTE
Debate com Miguel Arroyo e Rosilene Correa sobre os caminhos da educação em meio à pandemia.

Os benefícios de uma tutoria para recuperar atraso de aprendizagem – Revista Educação
Cinco meses de recuperação podem não ser suficientes para compensar as perdas de aprendizado causados devido ao fechamento das instituições escolares durante a pandemia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *