Ano 4 – Nº 118 / quarta-feira, 20 de abril de 2016

EDITORIAL

Resistir é preciso; pensar é necessário!

Nas últimas décadas exercitamos coletivamente a possibilidade de construirmos um arcabouço jurídico e de práticas de reconhecimento de direitos e de fortalecimento da legitimidade e da necessidade da diversidade para a vida democrática. Isto não foi feito sem resistência daqueles grupos que sempre e sempre fizeram dos interesses públicos a continuidade de seus negócios privados. E isso não foi feito como resistência passiva e silenciosa e, muito menos, pacífica, como mostram os números da violência contra a população jovem, pobre, negra e contra as mulheres e a população LGBT em todo o país. Soma-se a isto o comportamento dos meios de comunicação em relação a essa realidade e aos enfrentamentos políticos que se dão no espaço público. Leia mais.

SEMINÁRIO ANUAL
Professores de Ouro Preto realizam debate sobre a relação entre a Universidade e a Educação Básica​
A segunda conferência do Seminário Anual “A Escola Básica interroga a Universidade” promove um debate entre professores universitários e professores da Educação Básica. No dia 28 de abril, os professores da UFOP, Margareth Diniz e José Jardilino, e a professora Solange Mol, da Rede Municipal de Ouro Preto, serão os convidados do projeto Pensar a Educação, Pensar o Brasil, que dentro da temática deste ano, pretende confrontar as percepções e necessidades da Escola Básica em relação à Universidade e vice e versa. A conferência será às 19h no auditório Neidson Rodrigues da Faculdade de Educação da UFMG. O debate terá transmissão ao vivo pela Radio Web FaE e também pelo canal do Projeto Pensar a Educação Pensar o Brasil noYouTube. Outras informações no www.pensaraeducacao.com.br

NAS ONDAS DA EDUCAÇÃO
No Programa Pensar a Educação, Pensar o Brasil do dia 25 de abril receberemos a professora Libéira Neves para conversar com a gente sobre a relação entre a educação e as práticas teatrais. Segunda também tem a coluna educação em Pauta com o professor Luciano Mendes, Pensando Bem com Beatriz Cerqueira, a Agenda da Educação com os principais eventos da semana e a Sessão Especial Jovem Protagonista, com a participação de alunos do Sistema Sócio Educativo para falar sobre a temática “trabalho”.
Todas as segundas-feiras, das 20h00 às 22h00, o programa Pensar a Educação Pensar o Brasil vai ao ar pela Rádio UFMG Educativa 104,5FM.

ENTREVISTA
“Ensino e os Quadrinhos” – Márcio Rodrigues
A relação entre Educação e os quadrinhos foi o assunto da entrevista do programa Pensar a Educação, Pensar o Brasil do dia 18 de abril. O historiador e professor Mácio Rodrigues falou de como os quadrinhos se inserem em contextos sociais, do seu papel como documento histórico e da presença deles no ensino.

CONVITE À LEITURA
Um elogio à heresia! – Luciano Mendes de Faria Filho
Analisando diferentes temáticas e temporalidades diversas, o livro constitui uma unidade reflexiva, explicitada pelo organizador, que busca, no emaranhado tecido (ou rede) social que articula os sujeitos (intelectuais) às suas trajetórias e lugares de expressão e consagração (impressos e eventos), perseguir a hipótese da importância do entendimento da ação dos intelectuais para a conformação do processo de escolarização no Brasil.

EDUCAÇÃO EM DEBATE
Série Avaliação da Pós-Graduação em Educação  Pós Graduação e Pesquisa no Brasil: as faces perversas de um projeto exitoso – Luciano Mendes de Faria Filho – EXCLUSIVO
A criatividade, a ousadia, a experimentação necessárias á produção do conhecimento científico de ponta exige, por suposto, uma sólida formação teórica e metodológica no campo em que pesquisador se insere. E a pós-graduação pode contribuir para isso. No entanto, quando o modelo e as estruturas de formação são erigidos como locus fundamental da pesquisa e quando as regras de formação se impõem à pesquisa, o resultado pode até ser o aumento do número de titulados, mas nada garante que de tal pesquisa resultará um conhecimento mais denso e inovador.

Porque tanto se falou da família para fundamentar e justificar o voto “sim” à admissibilidade do pedido de impedimento à Presidente Dilma Roussef? – Pedro Castilho, Marcelo Ricardo Pereira, André Favacho e Pablo Lima – EXCLUSIVO
Provocados pelo Pensar a Educação em Pauta 4 pesquisadores da UFMG nos ajudam a entender a contínua referência não apenas a uma família genérica, mas também ao pai (sobretudo), à mãe, aos filhos e à esposa (ninguém falou em irmão e irmã, por exemplo) para justificar e fundar o voto, e o que isso diz de nós e de nossa República e de nossa Democracia.

Pequenos apontamentos sobre a banalidade do mal – Joaquim Ramos e Sandro Santos – EXCLUSIVO
Assim, nos encaixamos como nunca nesta categoria de bichos: odiamos por muito pouco, ofendemos por menos ainda, destruímos o outro como se não tratasse de gente, imprimimos o nosso desejo à força e quando temos algum tipo de poder, não abrimos mão de usá-lo para aniquilar os mais fracos, matamos o lado racional de nós mesmos para então, entrarmos na categoria de “deuses”, acima do bem e do mal!

Nem ternos comprados em Miami podem cobrir o desnudamento do projeto privatista representado por Alkmin e Nalini – Ana Luiza Jesus da Costa –EXCLUSIVO
A lógica do privatismo está na formação de nossa sociedade desde o período colonial e se infiltrou no âmago do Estado brasileiro, mesmo quando ele precisou discipliná-la para constituir-se como poder público, quando da arquitetura do Estado Imperial. Houve momentos de maior disciplinamento da voracidade do poder privado, durante, por exemplo, a Era Vargas.

A TFP tomou o poder no Brasil –  Dalvit Greiner de Paula  EXCLUSIVO
Já faz algum tempo que a Tradição, Família e Propriedade – TFP não vem aparecendo como esse nome na cena pública brasileira. Não que ande meio caída pelas tabelas. Pelo contrário, anda espalhando ideias por todos os lados do país e domingo (17/04/2016), em dia de votação da admissibilidade do impeachment da presidente Dilma Roussef, as suas ideias apareceram com força. A TFP venceu!

Las voces que no callan – Jorgelina Ivana Tallei  EXCLUSIVO
Presentes: el machismo y la intolerancia. Ausentes: el verdadero sentido de la democracia, el argumento por el cual se estaba juzgando el mérito de la presidenta. A estas alturas la palabra Dios pronunciada en vano ya se había escuchado innumerables veces. En el banquillo: el Diablo asiste la partida, sonriendo viendo a sus borregos seguir sus mandatos.

Posicionamento político do projeto Pensar a Educação Pensar o Brasil  – Tarcísio Mauro Vago – EXCLUSIVO
No Programa de Rádio do dia 18 de abril, o Professor Tárcisio Mauro Vago, coordenador do Projeto Pensar a Educação Pensar o Brasil 1822-2022, manifestou a posição do Projeto em relação aos últimos acontecimentos no cenário político brasileiro. 

“Por Deus e pela minha família” – Educação em Pauta – Luciano Mendes de Faria Filho
Na coluna de hoje o jornalista Gustavo Cunha conversa com o professor Luciano Mendes sobre os discursos dos deputados federais que votaram ontem pela continuidade do processo de impeachment da Presidenta Dilma Rousseff. Para o professor a leitura dos votos mostra preconceito e também resistência de determinadas bancadas sobre políticas educacionais de promoção da igualdade e da diversidade.

Abaixo assinado de professores da FaE/UFMG em defesa da democracia
Professores da Faculdade de Educação UFMG proclamam a defesa da democracia e repudiam o golpe institucional aprovado pelo Parlamento Brasileiro em 17 de abril de 2016 

O Plano Nacional de Educação e a crise do país – Simon’s Site
Não é só por falta de dinheiro, entretanto, que o PNE está fadado a se transformar em uma grande frustração. Em 2011, quando a primeira versão foi publicada, escrevemos um artigo dizendo que o Plano mais parecia uma enorme lista de Papai Noel, que não distinguia com clareza o que é prioritário do que é supérfluo, ou mesmo prejudicial.

ENTREMEMÓRIAS
Pautando e sendo pautado pela educação – Yolanda de Freitas Assunção – EXCLUSIVO
Em 3 anos o Pensar a Educação em Pauta evoluiu no caminho de uma discussão qualificada a cerca da educação.

PESQUISA EDUCACIONAL
ARAÚJO, Leonardo Augusto Luvison; ROSA, Russel Teresinha Dutra da.Obstáculos à compreensão do pensamento evolutivo: análise em livros didáticos de Biologia aprovados pelo PNLD 2012. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, v.15, n.3, 2015.
A partir da abordagem presente nos livros, esse estudo apresenta algumas sugestões de como esses materiais didáticos podem cooperar para que os estudantes superem dificuldades sobre eventos e processos evolutivos, em consonância com os pressupostos epistemológicos e as práticas de construção do conhecimento próprias da Biologia Evolutiva.

Pesquisa Concluída  Encontros de ensino religioso nas cidades de Ouro Preto e Mariana: a laicidade da educação pública em questão – Gláucio Antônio Santos – EXCLUSIVO
Nas históricas cidades mineiras, buscou-se identificar a proposta pedagógica utilizada na formação; compreender e analisar como a diversidade religiosa era abordada e como se estabelecia o conceito de Estado laico na parceria entre Estado e Igreja Católica. Metodologicamente recorreu-se a pesquisa qualitativa, por meio de observação-participante, diário de campo, entrevistas semiestruturadas, pesquisas bibliográfica e documental.

CIÊNCIA E TECNOLOGIA
Aprovada a resolução sobre ética em pesquisa nas Ciências Humanas e Sociais – Abrasco

Em carta enviada à comunidade científica, o pesquisador Luiz Fernando Dias Duarte destaca avanços e brechas abertas pela resolução

Leia mais.

EDUCAÇÃO PELO BRASIL

Escola Municipal Estevão Ferreira busca 3º título consecutivo em festival – Jornal Diário de Cuiabá

A Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Vereador Estevão Ferreira da Cunha foi contemplada com o projeto piloto Festival Estudantil Temático de Trânsito – FETRAN Pedagógico.

Leia mais.

AMÉRICA LATINA

Paro en las universidades (Página 12, Argentina)

Los gremios universitarios Conadu y Conadu Histórica realizaron ayer un paro en reclamo de aumentos salariales y mayor presupuesto, y advirtieron que harán nuevas medidas de fuerza si el próximo el lunes no reciben una propuesta “digna” en paritarias.


Leia mais.

PENSAR INDICA

“Encuentro” é a primeira estação de televisão do Ministério da Educação da Argentina. É um canal federal que inclui o conteúdo de todas as regiões da Argentina, assim como programas adquiridos de outros produtores de prestígio na América Latina e no mundo. Este é um serviço de comunicação pública e não tem publicidade. “Encuentro” é uma ferramenta pedagógica que contribui para o papel social da educação, tanto para o sistema de ensino como para a sociedade como um todo. Sua programação é focada na construção de uma audiência reflexiva e crítica.

INDICAÇÃO DO LEITOR

FAE-Comunicação – “Conversas para quem gosta de pesquisar”

Participe do nosso jornal enviando sua indicação para o e-mail:

OPINIÃO DO LEITOR

Mara Rodrigues Terra em 19/04/2016 (CONVITE À LEITURA – Edição 117 – 15/04/2016 – A docência e suas artesanias: das possibilidades de produzir conversações inteligentes?/ Roberto Rafael Dias da Silva)

Olá professor Roberto, gostei muito de seus escritos. Que bom que compartilha e nos provoca a novas leituras. Abraço!

Participe do nosso jornal enviando sua opinião ou comentário para o e-mail:

TIRINHA

Facebook Armandinho

É permitida a reprodução dos textos exclusivos, desde que seja citada a fonte.

O conteúdo dos textos publicados pelo Pensar a Educação em Pauta é de inteira responsabilidade de seus respectivos autores e não expressa necessariamente as opiniões de seus editores.

Projeto Pensar a Educação, Pensar o Brasil 1822/2022

Coordenação Geral – Luciano Mendes de Faria Filho e Tarcísio Mauro Vago

Pensar a Educação em Pauta
Coordenação Geral – Priscilla Bahiense e Luciano Mendes
Coordenação de Pesquisa e Diagramação: Sandra Ribas

Av. Antônio Carlos, 6627 – Belo Horizonte – MG – CEP: 31270-901
E-mail:  – Telefone: (31) 3409-6167

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *