Ano 1 – nº 030 / sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Fique atento às atrações do programa de rádio “Pensar a Educação Pensar o Brasil” do dia 02 de dezembro de 2013

Todas as segundas-feiras, das 20h00 as 22h00, o programa Pensar a Educação Pensar o Brasil vai ao ar pela rádio UFMG Educativa 104,5 FM. No próximo dia 02 de dezembro, transmitiremos o último programa do ano de 2013. Teremos a presença de Patrícia Rodarte (UEMG) que vai discutir a temática que inspirou sua dissertação de mestrado, intitulada “A educação pela cidade através da experiência estética com o Heavy metal em BH “. Para a sessão Educação e Literatura, do professor Marcus Taborda, teremos uma participação super especial. Estão todos convidados a participar conosco! Teremos também a agenda educativa, sorteio de livros e muito mais! Você pode ouvir pela internet acessando AQUI.

‘O ranking é um indicador muito pobre’ – Jornal O Estado de São Paulo

A diferença entre a primeira escola e a décima no ranking não é uma diferença estatisticamente relevante. Ou seja, ela não é uma diferença de fato.

Plano Nacional de Educação é aprovado no Senado Federal e segue para plenário – Revista Centro de Referência de Educação Integral

Após quase três anos em tramitação no Congresso Nacional, o Plano Nacional de Educação (PNE) foi aprovado no Senado Federal nesta quarta-feira (27/11).

Ministério da Educação distribuirá tablets para professores do ensino fundamental em 2014 – Jornal Diário do Nordeste

O Ministério da Educação (MEC) vai começar a distribuir tablets a professores do 6º ao 9º ano do ensino fundamental de escolas públicas em 2014.

Enem, 1001 utilidades – Jornal Folha de São Paulo

Em 2009, o MEC reformulou o Enem, introduzindo uma nova metodologia para elaborá-lo –a TRI– e passou a utilizá-lo como um vestibular nacional para as universidades federais.

Países ricos e pobres enfrentam o desafio de atrair jovens para a iniciação científica – Jornal Estado de Minas

Os desafios da educação científica e a democratização da informação foram os tópicos mais abordados hoje (25) no primeiro dia de palestras da sexta edição do Fórum Mundial de Ciência, reunido no Rio.

Estatuto do Idoso terá temas transversais nas escolas municipais – Jornal Correio da Amazônia

Um plano de ação para operacionalizar a inclusão do Estatuto do Idoso nos temas transversais na grade curricular das escolas públicas municipais e particulares de Manaus

MEC começa a avaliar ensino de ciências em exames nacionais – portal da campanha nacional pelo direito à educação

Até então fora das avaliações do MEC, o ensino de ciências na educação básica começa este ano a ser avaliado oficialmente.

O fantasma da reprovação – Portal Globo

Um dos temores vividos pelos estudantes e seus pais nesta época do ano é a possibilidade da reprovação escolar.

Mercadante: “topo” das escolas públicas é melhor que particulares – Portal Terra

A partir de um panorama geral do desempenho das escolas na edição de 2013 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o Ministério da Educação realizou um recorte dos concluintes da rede pública equivalente ao total dos alunos da rede privada (215 mil).

Educação de mal a pior – O Estado do Ceará

A educação em Fortaleza está sim de mal a pior, pois vemos que há motivos para desacreditar nos resultados e na situação em que vivem professores e alunos do ensino público.

A função da escola nos dias atuais – Jornal A Tarde

Neste vídeo, em entrevista concedida ao SINPRO-SP, o educador e pesquisador José Carlos Libâneo fala sobre a função específica da escola, que é ensinar.

Os recados do Enem – Jornal Zero Hora

Ao liberar os resultados do Enem de 2012, o Ministério da Educação manda um recado claro aos operadores do Ensino Médio, governos, prefeituras, secretarias de Educação, diretores de escolas e comunidades: há solução para o mau desempenho e sempre é possível aperfeiçoar o que já está funcionando bem.

Pronatec Cultural é lançado oficialmente no Amapá – Diário do Amapá

Aconteceu nesta quarta-feira, 6, no Centro de Difusão Cultural João Batista de Azevedo Picanço, na Avenida FAB, a aula inaugural dos cursos oferecidos pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) para a área da cultura.

MEC anuncia medidas para garantir direitos dos povos indígenas à educação – Agencia Brasil

O Ministério da Educação (MEC) planeja contratar a ampliação, reforma ou a construção de ao menos 120 escolas indígenas até o final 2014.

Decreto 8.142/2013: Mais rigor e a mesma falta de técnica – Revista Gestão Universitária

Nos últimos anos a legislação educacional está assumindo um espaço ainda mais relevante na educação: normas sobre descontos em mensalidades, nova regra de isenção sobre o PROUNI, instruções normativas, portarias normativas e até notas técnicas (que deveriam ser usadas no âmbito de processos administrativos específicos) estão criando procedimentos, alterando direitos e impondo novas formas de atuar para as Instituições de Ensino Superior (IES).

MEC divulga média nacional dos alunos no Enem – Jornal Estado de Minas

Em coletiva na tarde desta segunda-feira (25/11), o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, divulgou as médias das notas dos 2.355.335 estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2012.

Proposta de ensino médio integral é aprovada em comissão especial da Câmara dos Deputados – Revista Educação Integral

Na última terça-feira (26/11), a Comissão Especial de Reformulação do Ensino Médio aprovou relatório que propõe a implementação de ensino médio integral a 50% dos estudantes após cinco anos da aprovação da matéria.

Quem defende a educação e os professores? – Jornal Zero Hora

Em novembro, os professores gaúchos receberam reajuste salarial de 6,5%. Com outros dois aumentos previstos para 2014, no acumulado, em um ano, o reajuste será de quase 30%.

 Cotas, ensino e luta contra nosso racismo – Portal UOL

Há mais de 100 anos o Brasil aboliu a escravidão e deveria desde esta época ter tido políticas para incorporar como cidadãos plenos esses que até então eram tratados como mercadorias e bens.

Pensando a educação – Portal de Notícias da UnB

Apesar de avanços nos últimos 15 anos, entre eles a universalização do ensino fundamental, a criação do Fundo de Financiamento da Educação Básica e a expansão de vagas nas universidades públicas, a conquista da qualidade da educação brasileira é ainda um desafio.

Em São Paulo, 44% dos professores e 28% dos alunos já sofreram violência na escola – Rede Brasil Atual

Em pesquisa realizada por sindicato com pais, professores e estudantes da rede estadual de São Paulo, jovens sugerem atividades de lazer para combater problema.

– NOSSOS ARTICULISTAS –

Norberto Dallabrida: “Dar a palavra à criança”: Pedagogia Freinet em Movimento

No terceiro Seminário Pedagógico Repensar la educación a através de la renovación pedagógica, realizado no mês passado, na Faculdade de Educação da Universidade Complutense de Madrid, o professor Sebastián Gertrudix apresentou o trabalho intitulado Testimonio de vida de un maestro del Movimiento Cooperativo de Escuela Popular (MCEP).

 – PESQUISA EDUCACIONAL EM PAUTA –

O novo PNPG e a educação básica – Luciano Mendes de Faria Filho
A pós-graduação brasileira, sobretudo a pública, é reconhecidamente o nível melhor avaliado da educação nacional. Há um razoável consenso de que as qualidades da pós-graduação estão diretamente relacionadas ao alto investimento feito ao longo dos últimos 40 anos, ou seja, desde o regime militar, tanto na sua infraestrutura quanto na formação e profissionalização dos pesquisadores – alunos e professores – que dela se ocupam. Relacionadas a esse alto investimento estão, sem dúvida, tanto a institucionalização de uma verdadeira cultura de avaliação desse nível da educação quanto as diversas tentativas de fazer o planejamento de seu crescimento e financiamento.

Projeto Pensar a Educação, Pensar o Brasil 1822/2022

www.pensaraeducacao.com.br

www.facebook.com/pensaraeducacaopensarobrasil

twitter.com/pensareducacao

EQUIPE:

Coordenação: Luciano Mendes

Conteúdo e Produção: Isabella Brandão

Editoração: Sandra Ribas

Divulgação: Hercules Santos e Marcella Franca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *