Ano 1 – nº 026 / sexta-feira, 1º de novembro de 2013

 

Fique atento às atrações do programa de rádio “Pensar a Educação Pensar o Brasil” do dia 04 de novembro de 2013

Todas as segundas-feiras, das 20h00 as 22h00, o programa Pensar a Educação Pensar o Brasil vai ao ar pela rádio UFMG Educativa 104,5 FM. No próximo dia 04 de novembro, o programa terá como tema a “Tese do Mês”. Convidamos Rita Lages para falar da sua tese de Doutorado enitulada “As vitrines da civilização: referências estrangeiras na instrução pública em Minas Gerais no século XIX”. Teresemos também a agenda educativa, sorteio de livros e muito mais! Você pode ouvir pela internet acessando AQUI.

A carta aberta em repúdio à declaração de Claudio de Moura Castro – Jornal GGN

As entidades e movimentos da sociedade civil que participam dos debates para construção do novo Plano Nacional de Educação (PNE), desde a I Conae (Conferência Nacional de Educação, 2010), manifestam seu repúdio e exigem retratação pública à 1C proposição 1D desrespeitosa apresentada pelo Sr. Claudio de Moura Castro, em audiência pública realizada no dia 22 de outubro de 2013, na Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado Federal.

Dilma: Brasil faz prodigiosa alquimia ao transformar petróleo em educação – Agência Brasil

A presidenta da República, Dilma Rousseff, voltou a defender hoje (28) o modelo escolhido pelo governo para explorar o maior campo de petróleo já descoberto no país, o Campo de Libra, na camada do pré-sal. De acordo com a presidenta, com o modelo de partilha adotado, o Brasil conseguiu fazer uma “prodigiosa alquimia” ao transformar petróleo em educação.

Manifesto internacional da Divisão de História da Ciência e Tecnologia (DHST) da Internacional Union of History and Philosophy of Science and Technology (IUHPST) contra o Projeto de Lei 4699/2012 de regulamentação da profissão de historiador – Blog Profissionalização do Historiador

A maior organização internacional de História da Ciência e Tecnologia apresenta críticas às restrições que o Projeto de Lei 4699/2012 pretende impor aos pesquisadores de história da ciência, história da arte e outras áreas semelhantes.

Suspensão pedagógica – Revista Carta Capital

Se administradores de cidades ou estados cujos estudantes pioraram nas avaliações de desempenho educacional fossem proibidos por quatro anos de se reeleger, o ensino teria mais qualidade? Para melhorar os índices atuais, o deputado Raul Henry, do PMDB de Pernambuco, integrou a ideia às dis­cussões do projeto de Lei de Responsabilidade Educacional (PL 7.420/06), que atualmente tramita em comissão especial na Câmara dos Deputados.

Educadores divergem sobre projeto que pune aluno por desrespeito ao professor – Jornal da Ciência

Projeto que está sendo analisado na Comissão de Educação da Câmara dos Deputados inclui no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) um artigo que obriga os alunos a observarem os códigos de ética e conduta da escola onde estão matriculados e “respeitar a autoridade intelectual e moral de seus docentes”.

Enem 2013: Mulheres representam 58,3% dos 7,1 milhões de inscritos – Portal O Globo

As mulheres são a maioria no Exame Nacional de Ensino Médio (Enem 2013). Para a edição deste ano, que acontece neste fim de semana, inscreveram-se 4.185.223 candidatas, segundo informações do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anizio Teixeira (Inep).

Caravana das boas práticas pedagógicas – Jornal Zero Hora

Em 2011, o parlamento municipal se propôs a “transformar leis em direitos”. Por isto, andar nos ônibus para ouvir do usuário, sentir com ele as dificuldades, circular nas comunidades checando a realização das políticas públicas, ouvir os pacientes nas emergências, instalar a ouvidoria nas ruas e praças, ativar a cultura em seus espaços e estar com os artistas e escritores nos seus movimentos. E na educação?

A cor da universidade e a importância das Ações Afirmativas – Revista Geladés Instituto da Mulher Negra

O perfil do estudante das universidades públicas brasileiras1 tem se modificado paulatinamente, após a adoção de ações afirmativas que viabilizaram o acesso ao ensino superior de negros e de pessoas oriundas dos estratos mais baixos da sociedade brasileira.

Indústria pede educação para o mercado de trabalho – Jornal Diário de Pernambuco

Além de dificuldade para preencher postos de trabalho por falta de mão de obra qualificada, as empresas encontram empecilhos para capacitar os profissionais, devido à baixa qualidade da educação básica. É o que revela pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) com 1.761 empresas.

Enem: MEC estuda criar sistema para antecipar faltas – Jornal O Estado de São Paulo

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), vinculado ao Ministério da Educação (MEC) , pretende criar um sistema em que os inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) possam comunicar com antecedência se pretendem faltar no dia da prova. O objetivo é diminuir o número de ausências e reduzir gastos com a preparação do exame. Mais de 2 milhões de inscritos não fizeram o Enem neste ano, quase um terço do total.

Trabalhadores da educação apresentam sugestões ao PNE – Jornal da Ciência

Professores, estudantes e representantes dos trabalhadores em educação apresentaram sugestões ao Plano Nacional de Educação (PNE), durante a quarta audiência pública sobre a proposta, promovida pela Comissão de Educação, Cultura e Esporte, nesta terça-feira (29).

Tendências para as universidades na AL – Portal Porvir

Laboratórios remotos, internet das coisas e aprendizado mecânico. Se hoje esse tipo de ferramenta parece ainda algo muito distante das salas de aula, um grupo de especialistas garante: num prazo de quatro a cinco anos elas serão amplamente utilizadas nas universidades da América Latina.

Especialistas fazem suas apostas sobre quais recursos tecnológicos impactarão a educação brasileira nos próximos anos – Revista Carta Capital

Pedir para o aluno levar seu celular ou tablet para a escola, descobrir em tempo real quais são as dificuldades dos estudantes com a ajuda de computadores, utilizar impressoras 3D para produzir objetos que possam ser manuseados em sala de aula.

Federalização de professores e médicos – Jornal Zero Hora

Temos visto e ouvido muitos discursos ao longo dos anos, por governantes e candidatos, de que precisamos resolver os problemas da Educação e Saúde de nosso país. Todos dizem que vão resolver! Basicamente são discursos eleitoreiros, pois paradoxalmente quanto mais discursam, governos após governos, essas áreas só pioram.

Educação deve votar Exame Nacional de Professores este ano, dia relatora – Portal Movimento Todos Pela Educação

A proposta que estabelece um exame nacional para os professores da educação básica (PL 6114/09) deverá ser votada pela Comissão de Educação até o final deste ano. A informação é da relatora do projeto, deputada Professora Dorinha Seabra Rezende (DEM-TO).

“Currículo precisa se adequar à realidade do século XXI”, aponta especialista – Centro de Referências em Educação Integral

Se o maior desafio de um país é melhorar a educação, o maior desafio da educação são os sistemas curriculares. Essa é a conclusão a que chegaram os especialistas presentes na mesa sobre política curricular no Seminário de Política Educacional , organizado pelo Instituto Ayrton Senna, na última quinta-feira (24/10).

Uma avaliação na justa medida –Jornal O Povo

O Índice de Desenvolvimento Humano Municipal Brasileiro (IDHM) recentemente divulgado mostra um significativo crescimento do País nas três dimensões que o compõem: educação, longevidade e renda. Também reflete os ainda alarmantes níveis de desigualdade socioeconômica que desafiam o “Gigante”.

Matrículas entre negros e pardos no ensino superior avançam três vezes mais do que o total de alunos – Portal Globo

A quantidade de negros e pardos no ensino superior nacional vem crescendo num ritmo mais acelerado do que o número total de estudantes do terceiro grau no Brasil. De 2011 para 2012, o universo de matrículas do grupo avançou 15,6%, enquanto o total de matriculados no ensino superior no período subiu 4,4% em todo o país.

‘Entrada no mercado de trabalho não pode causar evasão escolar’, diz pesquisador – Portal IG

“É importante que os jovens se mantenham na escola até que consigam  as habilidades mínimas para conseguir um bom emprego”, afirma o economista Pablo Ibarrarán, especialista em proteção social e saúde do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Você colocaria seu filho para estudar embaixo de uma árvore? – Portal UOL

A discussão sobre a infraestrutura das escolas revela muito sobre a forma como cada um encara o debate educacional. Alguns ficam tão preocupados apenas em saber se os alunos aprenderam ou não o mínimo necessário, que não se preocupam em quais condições se dá o ensino.

Nota de repúdio aos atos de violação dos direitos acadêmicos e humanos na FAFICH

Nós, professoras/es, alunas/os, servidoras/es técnico-administrativos da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas – FAFICH da Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG, repudiamos veementemente os atos de violência e violação dos direitos humanos e acadêmicos que vêm sendo manifestados publicamente na FAFICH (e na UFMG) desde o início do corrente ano.

Pesquisa educacional em pauta: O gosto e suas condições de realização: a escolha por Pedagogia entre estudantes com perfil social e escolar mais elevado.

O trabalho analisa sociologicamente o processo de escolha do curso de Pedagogia da UFMG por alunas com perfil social e escolar mais elevado e que, portanto, teriam, em princípio, em função de seus recursos econômicos e acadêmicos, condições para escolher cursos mais seletivos e vistos como de maior retorno econômico e simbólico.

Projeto Pensar a Educação, Pensar o Brasil 1822/2022

www.pensaraeducacao.com.br

www.facebook.com/pensaraeducacaopensarobrasil

twitter.com/pensareducacao

EQUIPE:

Coordenação: Luciano Mendes

Conteúdo e Produção: Isabella Brandão

Editoração: Sandra Ribas

Divulgação: Hercules Santos e Marcella Franca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *