Ano 7 – Nº 259 / sexta-feira, 01 de novembro de 2019

EDITORIAL

Escolas, Estudantes e Política

A presença de coletivos estudantis no cenário público marca a história da cidade no mundo ocidental há vários séculos. Pelo menos desde que se inventou as universidades como tempo e espaço de ensino e aprendizado coletivo, passando pela organização dos colégios modernos e, sobretudo, desde a organização da escola pública de massas a partir do século XIX, as instituições escolares têm sido lugares de fermentação da rebeldia e de elaboração de projetos políticos questionadores da ordem social vigente.

Leia mais.

NAS ONDAS DA EDUCAÇÃO
No dia 04 de novembro vamos receber o Vereador de Belo Horizonte Arnaldo Godoy, para conversar sobre a tramitação do projeto Escola Sem Partido na Câmara de Vereadores da Capital Mineira.

Segunda feira ainda tem a Sessão Especial Cinema Falado, a coluna Pensando Bem e a Agenda da Educação com os principais eventos da semana.

Todas as segundas-feiras, das 20h00 às 22h00, o programa Pensar a Educação, Pensar o Brasil vai ao ar pela Rádio UFMG Educativa 104,5 FM.

ENTREVISTA
Alfabetização no Brasil – Francisca Maciel (para o programa Conexões/Radio UFMG Educativa)
Meta do país é erradicar o analfabetismo até 2024; índice atual é de três décimos acima do esperado para 2015.

EDUCAÇÃO EM DEBATE
1º Edição da Oficina de Autores: protagonismos e experiências de professoras do ensino básico – Letícia Pires – EXCLUSIVO
A oficina foi proposta como a efetivação de um espaço para formação e desenvolvimento da escrita de educadores, dando ênfase ao trabalho em sala de aula realizado pelos mesmos e fomentando a divulgação e comunicação das práticas docentes no ensino básico.

As razões da militarização do ensino: da Antiguidade à Modernidade – Antonio Carlos Will Ludwig – EXCLUSIVO
Com efeito, a sua forte presença no âmbito social pode ensejar iniciativas consoantes, tais como, a militarização do espaço público, a militarização da polícia, a militarização das empresas, a militarização da educação, etc.

Criminalização da implantação do estudo da cultura afro-brasileira e indígena (Lei 11.645/08) – Tiago Tristão Artero – EXCLUSIVO
Os motivos pelos quais ainda não foi efetivado devem ser explicitados em suas origens, para que sejam superados e a caminhada rumo a uma nova sociedade seja realizada.

Escola sem Partido – TV UFMG
O Projeto de Lei apelidado “Escola sem Partido” tem como objetivo proibir que professores abordem dentro de sala de aula as suas visões e opiniões políticas e ideológicas, fazendo com que o ensino nas escolas seja pautado numa neutralidade política, ideológica e religiosa.

Leia mais.

EDUCAÇÃO E DIREITOS HUMANOS
Escola sem Partido, sem educação e sem direitos humanos: resistir é preciso! – Maria Ignez Costa Moreira e Magner Miranda de Souza – EXCLUSIVO
Considerando os princípios do Projeto da Escola Sem Partido, entendemos que a “Escola sem Partido” é uma escola “sem educação”.

LIVRE EXPRESSÃO
Piano de cauda – Ivane Laureti Perotti – EXCLUSIVO
Como atirar esperanças no cruel espaço das desigualdades sem estar nele para alimentá-la?

PESQUISA EDUCACIONAL
O discurso sobre tecnologias nas políticas públicas em educação – Bruna Damiana Heinsfeld e Magda Pischetola – Educação e Pesquisa – USP
Este trabalho propõe identificar e analisar as percepções de tecnologia que perpassam o discurso das políticas públicas em educação no Brasil.

CIÊNCIA E TECNOLOGIA
Sede regional da SBPC é instalada no campus Pampulha – UFMG Notícias
Para reitora Sandra Goulart Almeida, proximidade vai potencializar ações; titular da representação mineira é Luciano Mendes, da FaE.

Leia mais.

EDUCAÇÃO PELO BRASIL
Conselho diz que fim do Fundeb vai inviabilizar a educação básica – Câmara Notícias
Hoje o Fundeb corresponde a 63% do financiamento de toda educação básica do País, mas a legislação atual extingue o fundo em 2020.

Leia mais.

​AMÉRICA LATINA
Comunidad Internacional en contra de la militarización en Chile
Exigimos la inmediata desmilitarización de Chile y exigimos la renuncia del gobierno de Sebastián Piñera porque este ha abandonado sus responsabilidades políticas y ha demostrado total desinterés en ofrecer una salida democrática, digna y justa a las demandas del pueblo chileno.

Leia mais.

​PENSAR INDICA
Geledes – Instituto da Mulher Negra abriga em seu portal um conjunto de planos de aula para a bordar questões raciais e de gênero em sala de aula. A proposta mais recente pretende refletir acerca das características históricas e culturais dos cabelos crespos, bem como a sua aceitação e o empoderamento.

INDICAÇÃO DO LEITOR
Sonia Maria Hummert – O livro “Educação de jovens e adultos trabalhadores: história, lutas e direito em risco”, a mais recente publicação do Grupo de Pesquisa EJA Trabalhadores (UFF/NEDDATE/CNPq), já está disponível para download.

Yolanda Assunção – Em outubro, o canal Futura preparou o especial #Nem1SemProfessor para promover a valorização dos professores e demais profissionais que trabalham com educação.

Adriana Araújo Borges – A faculdade de Educação da UFMG recebe no dia 5 de novembro, terça feira às 19:30, a professora Jan Valle, do City College of New York, autora do livro “Ressignificando a deficiência: da abordagem social às práticas inclusivas na escola”.

OPINIÃO DO LEITOR
Juliana em 30/10/2019 – (EDUCAÇÃO EM DEBATE – Edição 194 – 20/04/2018 – Paisagens da região de Lagoa Santa: perspectivas de educação patrimonial no vale do Sumidouro)
Justo o que eu procurava sobre segurança eletrônica Sete Lagoas. Obrigada!

José Heleno Ferreira em 28/10/2019 – (EDUCAÇÃO E DIREITOS HUMANOS – Edição 257 – 18/10/2019 – Educação e direito à infância: pelo reconhecimento da criança como sujeito de direitos)
Cara Analise da Silva, concordo com sua observação. Talvez, tivesse sido melhor dizer que mais do que de competência técnica precisamos de gentileza e bondade.

Leia mais.

TIRINHA
Armandinho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *