Menu

Ano 7 – Nº 232 / sexta-feira, 12 de abril de 2019

EDITORIAL

A Economia na Educação

Desde o pós 2º guerra que a economia vem capturando, paulatinamente, a educação, seja por meio de seus discursos e categorias de análise, seja na definição dos legítimos meios e fins da educação.  À educação foi estabelecida, na lógica econômica, a finalidade de preparar o capital humano para garantir o fim último de desenvolvimento e de modernização econômica. Uma vez garantidos estes, estaríamos, enfim, capazes de distribuir renda, diminuir as desigualdades e garantir a paz social e o Estado de Direito democrático. Nessa lógica, e segundo a linguagem econômica, a educação seria um investimento fundamental para a garantia de um futuro melhor entre nós, mesmo que o presente fosse desgraçadamente vivido sob a égide de uma Ditadura civil militar.
Leia mais.

NAS ONDAS DA EDUCAÇÃO
No programa de rádio Pensar a Educação, Pensar o Brasil do dia 15 de abril vamos Receber o Diretor de Ciência, Tecnologia e Inovação da FAPEMIG, o professor Paulo Sérgio Beirão para falar sobre o trabalho e a atual situação da agência de Fomento à pesquisa em Minas Gerais. Segunda também tem a Agenda da Educação com os principais eventos da semana, a coluna Educação em Pauta e a estreia da sessão especial Cinema Falado.

Todas as segundas-feiras, das 20h00 às 22h00, o programa Pensar a Educação, Pensar o Brasil vai ao ar pela Rádio UFMG Educativa 104,5 FM.

ENTREVISTA
Educação e Democracia – Professor Carlos Roberto Jamil Cury – EXCLUSIVO
O Professor Carlos Roberto Jamil Cury (UFMG/PUC- Minas) comenta sobre a relação de educação, democracia e autoritarismo.

Autonomia e projeto de vida: relações da BNCC com a educação profissionalizante – Angelo Sá
No programa de rádio Pensar a Educação, Pensar o Brasil do dia 08 de abril, o professor Angelo Sá discutiu como a educação profissionalizante reflete, de certa maneira, alguns dos princípios defendidos pela BNCC, como o planejamento de vida e a autonomia das juventudes.

CONVITE À LEITURA
Pedagogia para os 99% – traços conceituais e uma breve provocação – Roberto Rafael Dias da Silva – EXCLUSIVO
Certamente o filme, ao contar a história real de William Kamkwamba, inspirando-se no livro homônimo, nos chama a atenção pela luta pelo direito à educação.

EDUCAÇÃO EM DEBATE
Economista na educação: a continuidade do desmonte do MEC – Tiago Tristão Artero – EXCLUSIVO
Até pouco tempo atrás não era provável que um economista sem relação clara com a academia e com a educação estaria ocupando o posto de Ministro da Educação, hoje isso já é uma realidade.

Uma pessoa que sabe ler e escrever – Dalvit Greiner – EXCLUSIVO
Temos, sim vários problemas tanto no processo educativo quanto na organização e financiamento da escola que não permite aos professores e professoras atacarem o problema na sua raiz, na sua radicalidade.

O avanço do conservadorismo na Educação – Maciana Freitas e Souza – EXCLUSIVO
Toda e qualquer alteração deveria respeitar o princípio da vedação do retrocesso social, que obriga o poder público a reconhecer as especificidades dos sujeitos sociais e, a se colocar como o lócus para a sua proteção.

Se o campo não roça, a cidade não almoça! Se o campo não planta, a cidade não janta! – Vagner Luciano de Andrade – EXCLUSIVO
Assim como as questões étnico-raciais são ainda fontes de preconceitos no país, a ruralidade e a diversidade religiosa também o são, necessitando de novos mecanismos de desconstrução dos absurdos e abismos ainda existentes.

Seu professor está com depressão. O que você tem a ver com isso? – Gabrielle Muniz – EXCLUSIVO
Primeiro que generalizar ou amenizar um transtorno mental é ignorância e desrespeito, levando sua banalização e o sentimento de humilhação por parte de quem está doente.

Quando o seu objeto de pesquisa morre – Leide Mara Cota
O descaso com a preservação da memória de nosso povo e aqui, em especial, da Rádio Inconfidência, é sintoma de uma sociedade que tende a perder seu sentido e significado.

Sai Velez, entra Weintraub – Educação em Pauta – Luciano Mendes
Na coluna desta semana, o jornalista da Rádio UFMG Educativa, Vinicius Luiz conversou com o professor Luciano Mendes que fez um balanço da passagem do colombiano Ricardo Vélez à frente do MEC e fez ponderações sobre o novo ministro, o economista Abrahan Weintraub.

Democracia, gênero e sexualidade – Fernando Seffner
A Ação Educação Democrática foi proposta no grupo que trata de Gênero, Sexualidade e Educação da Associação Nacional de Pós Graduação e Pesquisa em Educação. O professor Fernando Seffner, docente na Universidade Federal do Rio Grande do Sul e coordenador do GT fala sobre a iniciativa.

Como inserir as redes sociais na aula e sensibilizar os alunos a respeito? – #MidianaEscola
Na estreia da sessão especial #MidianaEscola, o programa de rádio Pensar a Educação, Pensar o Brasil recebeu a professora Darles Matos e o Ronaldo Lucio vice diretor  da Escola Estadual Claudio Brandão (Belo Horizonte) e Danielle Baldez da Escola Estadual Walt Disney (Belo Horizonte) para apresentar experiência de Redes Sociais nas escolas que atuam.

Luta pelas vítimas do crime em Brumadinho – Pensando Bem – Denise Romano
Na coluna desta semana a diretora estadual do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação, Denise Romano, manifesta, em nome do Sindicato, solidariedade aos atingidos pelo crime da Vale, em Brumadinho.

LIVRE EXPRESSÃO
Ponto de partida – Ivane Laurete Perotti – EXCLUSIVO
Deitado sobre os braços cruzados, aparentemente distante das vontades e dos mundos. A mesa rabiscada recebera a sua cabeça e muitas lágrimas.

ENTREMEMÓRIAS
Memória acadêmica, pessoal e científica. Não dá para guardar tudo. Então, o que guardar? – Luciano Mendes – EXCLUSIVO
Em todos os arquivos há muitas circulares, planos, currículos, programas… e nada de avaliação dos alunos, trabalhos finais, organização das aulas…

PESQUISA EDUCACIONAL
O Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa em ação: revisão de literatura – Marcia Aparecida Alferes, Jefferson Mainardes – Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação (Fundação Cesgranrio)
As pesquisas apontaram o PNAIC como uma política abrangente que conjuga diversas ações, dentre as quais, a formação continuada de professores alfabetizadores.

CIÊNCIA E TECNOLOGIA
Fábricas de conhecimento – Jornal USP
O que são, como funcionam e para que servem as universidades públicas de pesquisa.

Leia mais.

EDUCAÇÃO PELO BRASIL
Educação em disputa: 100 dias de Bolsonaro – Carta Educação
Os temas que estão em destaque e a análise de especialistas em educação nos 100 primeiros dias do governo Bolsonaro

Leia mais.

​AMÉRICA LATINA
Sentata en San Pedro para exigir culminación de aulas – ABC – Paraguai
Estudiantes del Colegio Nacional de San Pedro de Ycuamandyyú se movilizan, una vez más, para exigir la culminación de obras que fueron abandonadas hace 7 años.

Leia mais.

PENSAR INDICA
A UFMG em parceria com a PUC-Minas realizará nos dias 02 a 04/05 o II Simpósio Internacional Subjetividade e Cultura Digital: saber, criação e virtualidade  que trará ao Brasil pesquisadores de renome internacional. A proposta é reunir pesquisadores de diferentes campos do saber, de diversos espaços institucionais do Brasil e do mundo, e promover o fortalecimento e a ampliação do diálogo entre eles.

OPINIÃO DO LEITOR
Rita Lages
 em 07/04/2019 (CONVITE À LEITURA – Edição 231 – 05/04/2019 –  A Bolsa Amarela, revisitando Bojunga)
“No caso da vontade ser escritora, é a força que Raquel pode, portanto, reinventar mundos e produzir novas configurações para além da sua realidade”. Essa afirmação é muito bacana. Ela dialoga com o poder de humanização da literatura, cf colocado por Antônio Cândido. O que quer dizer tb, o direito à literatura, o direito de fabular: o mundo como é, e mundo como deveria ser. Parabéns!

Joaquim Ramos em 07/04/2019 (EDITORIAL – Edição 231 – 05/04/2019 – Combater o autoritarismo)
Na verdade, tanta “cag…” desse governo, só pode ter um propósito: ser explicitamente incompetente para passar o cargo ao vice. Ou seja, os militares novamente no governo, por força do voto popular! Não dá para acreditar que esse governo não esteja fazendo força para cometer tanta asneira… uma atrás da outra! Isso só pode ser articulado!

Mariana Tabosa em 27/03/2019 (EDUCAÇÃO EM DEBATE – Edição 229 – 22/03/2019 – O Tempero de nossas vidas)
Muito interessante e sensato o texto de Aleluia! Vou divulga-lo.

Rivaldo Paccola em 23/03/2019 (CARTAS A QUEM OUSA ENSINAR – Edição 229 – 22/03/2019 – Uma estratégia de enfrentar o Panteão da Boçalidade)
Prezado Sandro,
Li sua missiva e, como estive por muito tempo no “chão de escola”, não resisti à ideia de postar um singelo comentário.
Primeiramente, por sua indignação de que “Projeto de nação que é bom ainda não vimos nem veremos”, fez lembrar-me da obra (em 3 volumes).
“Febeapá”, de Stanislaw Ponte Preta, já que o festival de besteiras continua assolando o país, e pior, pelo comando do capitão Pateta.
Pior que as más notícias para a educação não param por aí.
O jornal Estadão de 19/03 trouxe matéria, da qual consta que está pronta minuta de decreto elaborado pelo MEC indicando que a alfabetização no País deverá priorizar o ‘método fônico’. Isso caracteriza um retrocesso ímpar.
Mas, no Febeapá, tudo que é ruim pode piorar, pois o referido decreto inclui a família como um dos “agentes do processo de alfabetização”.
Essa tônica tem viés do pseudo filosofo Olavo de Carvalho, que demoniza Paulo Freire.
É pracabá!

Grande abraço,

Rivaldo Paccola

INDICAÇÃO DO LEITOR
Mariana Mandeli –
 O Instituto Palavra Aberta e a Fundação Vanzolini oferecem curso gratuito que trata de Educação Midiática, tema obrigatório nas escolas pela nova BNCC (e urgente para os dias atuais).

Mônica Daisy Vieira Araújo – A Faculdade de Educação da UFMG convida para o I Simpósio Nacional sobre Cultura Escrita Digital, promovido pelo Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Cultura Escrita Digital/NEPCED/CEALE. que será realizado nos dias 11 e 12 de junho de 2019 na Faculdade de Educação da UFMG.

TIRINHA
Armandinho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *