Menu

Ano 8 – Nº 270 / sexta-feira, 03 de abril de 2020

EDITORIAL – DITADURA NUNCA MAIS!

Vivemos dias difíceis! Em razão da pandemia de Covid-19, mas também devido ao agravamento de problemas estruturais do capitalismo financeiro, há prognósticos de que,  às milhares de morte decorrentes da doença, seguirá uma profunda recessão na economia de boa parte do mundo. E, como sabemos, em momentos de crise do capitalismo, quem mais sofre são as classes trabalhadoras e as populações mais pobres e vulneráveis.

Leia Mais.

NAS ONDAS DA EDUCAÇÃO

Devido a rotina de enfrentamento à  pandemia decorrente da COVID-19, o programa de rádio Pensar a Educação, Pensar o Brasil do dia 6 de abril vai relembrar a entrevista sobre o projeto “Entre o Diário de Anne Frank e a História em Quadrinhos: Estudantes Construindo a História de um Bairro”, que resgata memórias do bairro Confisco, em Belo Horizonte. Segunda também vamos ouvir mais uma vez a Sessão Educação e Música, com o professor Tarcísio Mauro Vago sobre o Acordeom.

Todas as segundas-feiras, das 20h00 às 22h00, o programa Pensar a Educação, Pensar o Brasil vai ao ar pela Rádio UFMG Educativa 104,5 FM.

ENTREVISTA

Cortes na Ciencia e a Pós-graduação em meio a crise do Coronavírus – Margarida Salomão e Manuelle Matias (para Movimento Kizomba)
Vice-presidenta da ANPG e a Deputada Federal debatem sobre o projeto de destruição da ciência, da pesquisa e das Universidades.

EDUCAÇÃO, SAÚDE E SOCIEDADE

Lembrando Virginia Schall  em tempos de pandemia, epidemias e desmontes
Zélia Profeta e Natascha Ostos – EXCLUSIVO

Virginia trabalhava numa perspectiva integrada de ciência, saúde e educação e seguramente teria muitas ideias inovadoras para serem desenvolvidas nestes tempos atuais de pandemia, epidemias, pelos quais estamos passando e temos passado.

Virginia-Schall-Gutemberg-Brito_Fiocruz

Estimados professores e professoras! Queridos colaboradores
Aleluia Heringer – EXCLUSIVO

De fato, aquele nosso mundo “normal” não existe mais, pelo menos por ora. Mesmo quando retornarmos, não seremos os mesmos.

Sala de Reuniões vazia – Drew Beamer_Unsplash

Como ainda não pensamos na vida?
Tiago Tristão Artero – EXCLUSIVO

Diante desta pandemia, alguns poderão reiterar a importância de colocar o homo sapiens como dono de tudo, mas também é verdade que, tenhamos que olhar para ‘o todo’ e entender que somos apenas um componente.

Pessoa Olhando através da Janela – Sasha Freemind_Unsplash

Oportunistas, apocalípticos e proféticos em tempos de contaminação global
Eugênio Magno – EXCLUSIVO

Em meio ao caos social, a crise econômica e a pandemia que ameaça a saúde de toda a população, nossas lideranças políticas encontram-se totalmente perdidas no imbróglio de seus projetos de poder e continuam sem apresentar qualquer solução factível para o enfrentamento da situação.

Janelas de apartamentos – Eugênio Magno

Falta de (e da) educação na crise do Coronavírus
Neila Batista

Pensando aqui se a massa de gente, envolvida com a educação,  estivesse mobilizada para atuar de forma ativa nessa guerra. Mesmo longe da aglomeração das escolas.

Ivane Perotti -LAVANDO PICOLÉS NA PIA

EDUCAÇÃO EM DEBATE

Rememorar a ditadura
Alexandre Fernandez Vaz – EXCLUSIVO

Na medida em que o regime ditatorial ia saindo do primeiro plano naquele início dos anos 1980, os militares paulatinamente se recolhiam não somente aos quartéis, mas aos bastidores da política, de onde nunca saíram.

Ato público pela Anistia. Rio de Janeiro, 1979. Arquivo Nacional, Serviço Nacional de Informações

Acabemos com a escola – Tentativa 5
Dalvit Greiner – EXCLUSIVO

Para acabar de vez com a escola, que é uma antítese da internet, é preciso acabar com toda e qualquer forma de pensamento. Sim, porque a escola não ensina apenas a ler e escrever: uma escola ensina a pensar.

Criança com um computador na cama – Ludovic Toinel_Unsplash

CONVITE À LEITURA

Representatividade importa: educação antirracista e literatura infantil
Alexandra Lima da Silva – EXCLUSIVO

É preciso reconhecer que, num país como o Brasil, em que a maior parte da população é negra, contar nos dedos a existência de personagens negros nas novelas, no cinema, no teatro e na literatura é uma aberração.

Sulwe

EDUCAÇÃO E DIREITOS HUMANOS

Fortalecendo o direito à educação e à escola: uma experiência em Pega Tesu
Cláudia Abreu – EXCLUSIVO

Discutimos sobre a importância da criação de um possível ambiente alfabetizador, do contrato didático, do trabalho em grupo, do uso do alfabeto em salas de alfabetização e fundamentalmente, sobre a crença de que “todos podem aprender”.

Flag Of Guinea-Bissau

LIVRE EXPRESSÃO

Embarcação mortífera
Ivane Perotti – EXCLUSIVO

Onde, para ele deveria estar o leme, desenhou cogumelos. À direita da embarcação, escreveu uma palavra em tinta vermelha: INHORÂNCIA. E no céu, entre nuvens quase apagadas, escreveu CIÊNCIA.

embarcacao mortifera_PrsicilaPaula

PESQUISA EDUCACIONAL

Pedagogia da Casa: memória e diálogo de saberes – primeiras notas
Priscila de Oliveira Xavier Scudder – Revista Brasileira de Pesquisa (Auto)biográfica (Uneb).

Neste artigo, tomamos as memórias, experiências cotidianas e saberes ancestrais, aprendidos no interior de casas chefiadas por mulheres negras, pobres e de periferia, como ponto de partida para o exercício de constituição de uma escrita e prática decolonial.

CIÊNCIA E TECNOLOGIA

Informação em tempos de pandemia
Maria G. Lara (para o Observatório da Comunicação Pública da Ciência) – EXCLUSIVO

De ataques ideológicos a curas milagrosas, a produção de fake news não entrou em quarentena – e os esforços para combatê-la são tão necessários quanto aqueles contra o vírus.

Pesquisa Google – Coronavirus

Nota Pública da APG e Representantes Discentes de Pós-Graduação da UFMG em repúdio aos cortes de bolsas promovidos pela CAPES (Portaria 34)

No dia 18 de março de 2020, a comunidade acadêmica brasileira foi surpreendida pela publicação, por parte da CAPES, da Portaria nº 34/2020, que altera as normas de distribuição de bolsas para pesquisadoras/es de mestrado e doutorado.

capes-fachada

EDUCAÇÃO PELO BRASIL

EAD: O que precisamos saber?
Heitor Novaes – EXCLUSIVO

Com a pandemia de COVID-19 e a consequente quarentena que se fez necessária, vários setores de nossa sociedade foram afetados. Com metade dos estudantes do mundo sem aulas por conta do isolamento, certas questões vêm à tona. Um exemplo é a Educação a distância.

Internet

AMÉRICA LATINA

Fernanda Saforcada: 55% da educação superior na América Latina pertencem ao setor privado
RedCLADE

Pesquisadora fala sobre como a América Latina e o Caribe são hoje uma das regiões do mundo com mais estudantes em universidades privadas.

PENSAR INDICA

A Campanha Nacional pelo Direito à Educação e a plataforma Cada Criança lançam dois guias sobre educação e proteção no contexto da pandemia de COVID-19 (coronavírus). O objetivo é oferecer um compilado de informações checadas, comprovadas e acessíveis sobre como cidadãos ligados à educação podem agir, cobrar, e trabalhar pela proteção de todos de maneira colaborativa; e também, da parte de atores do poder público, garantir os direitos de nossas crianças e adolescentes em situação de emergência.

INDICAÇÃO DO LEITOR

Priscilla Bahiense –Divulga Escritor: Revista Literária da Lusofonia chega na sua 43ª edição con  entrevistas e artigos inéditos.

OPINIÃO DO LEITOR

Otavio Henrique Ferreira da Silva em 27/03/2020 (Educação em Debate, edição 269 , Mulheres, crianças e um movimento coletivo: reflexões a partir do mês de março).  Parabéns Aline, Babita e Larissa. Um texto instigante e que provoca a discutir ainda mais o tema. Será que nesse “interesse” das mulheres pelas crianças, haveria também uma intersecção racial?.

Rodrigo Beta em 27/03/2020 (Educação em Debate, edição 269 , Mulheres, crianças e um movimento coletivo: reflexões a partir do mês de março).Texto FENOMENAL! Muito bem escrito e com abordagem atualíssima e que permeia nosso modelo de sociedade!

Iasmim em 28/03/2020 (Educação e Debate, edição 269, Entre Pedros o Brasil que virou ‘Pedreira’).Parabéns Daniel, muito bom!

Diogo Luís Alencastro da Silva em 28/03/2020 (Educação e Debate, edição 269, Entre Pedros o Brasil que virou ‘Pedreira’).  Parabéns, Mestre Daniel! Você nos instiga com seu texto, a que façamos uma reflexão a respeito do que podemos entender como uma conveniente “alienação” encontrada nos posicionamentos dos Pedros Pedreiros que nos rodeiam.

Larissa, Babita e Aline em 30/03/2020 em resposta a Otavio Henrique Ferreira da Silva. (Educação em Debate, edição 269 , Mulheres, crianças e um movimento coletivo: reflexões a partir do mês de março) Olá Otavio! Obrigada pelos questionamentos! Nosso objetivo é justamente provocar e discutir sobre as questões que envolvem as infâncias e suas multiplicidades. As questões de gênero e geracionais também são atravessadas por questões étnico- raciais!

Larissa em 30/03/2020 em resposta a Rodrigo Beta. (Educação em Debate, edição 269 , Mulheres, crianças e um movimento coletivo: reflexões a partir do mês de março). Olá Rodrigo! Obrigada pelo retorno! O Coletivo está se fortalecendo pouco a pouco! Nossa parceria com o Pensar é mais uma forma de ampliarmos os diálogos! Abraço!

TIRINHA

Cavalcanti –  EXCLUSIVA

É permitida a reprodução dos textos exclusivos, desde que seja citada a fonte.

O conteúdo dos textos publicados pelo Pensar a Educação em Pauta é de inteira responsabilidade de seus respectivos autores e não expressa necessariamente as opiniões de seus editores.

Projeto Pensar a Educação, Pensar o Brasil 1822/2022

Coordenação Geral – Luciano Mendes de Faria Filho e Tarcísio Mauro Vago

Pensar a Educação em Pauta
Coordenação Geral – Priscilla Bahiense, Luciano Mendes e Yolanda Assunção
Diagramação: Diogo Nascimento e Priscila Paula

Av. Antônio Carlos, 6627 – Belo Horizonte – MG – CEP: 31270-901
E-mail: jornalpepb@gmail.com – Telefone: (31) 3409-5355