Teatro e a Pandemia: Corporalidades na Educação

O ensino de teatro e suas possibilidades no cenário pandêmico são o tema do PENSAR ao Vivo do dia 15 de julho

O ensino de teatro tem experiências corpóreas especificas. Como ficam os processos de ensino e aprendizagem quando os toques, sons e a percepção do espaço são interpelados pro critérios e recomendações de distanciamento social impostos pela pandemia de Covid-19? O PENSAR ao Vivo do dia 15 de julho, reflete como educadores, atores e pesquisadores estão encarando essa realidade e pensam nas possibilidades desta disciplina para vivenciar a pandemia. O ator e extensionista do Pensar a Educação Pensar o Brasil, Thiago Rosado e a professora da UFMG e editora da Revista Brasileira de Educação Básica Libéria Neves receberão nessa live o artista e professor de teatro Raysner de Paula, o artista e professor da UFMG Vinícius Lírio e a atriz e pesquisadora Rafaela Kênia.

Raysner de Paula é dramaturgo, ator e professor de Teatro de crianças e jovens, licenciado pela UFMG. Entre seus trabalhos mais recentes estão as peças: “QUEM É VOCÊ?” (criada em parceria com a cia Toda Deseo), A FARSA DO BOM JUÍZ (criada com o Mamãe tá na plateia) e REMUNDADOS (trabalho escrito paro grupo BOCA DE CENA/SE).

Vinícius Lírio é professor da UFMG, nos cursos de Licenciatura em Teatro, Pedagogia e no Mestrado Profissional em Educação e Docência (Promestre). Doutor e Mestre em Artes Cênicas e Licenciado em Teatro. É encenador, ator e performer.

Rafaela Kênia é formada pelo Curso Técnico do Teatro Universitário da UFMG onte também graduou em Licenciatura em Teatro. É mestre em Artes Cênicas e atriz-pesquisadora Grupo Teatro Público (BH/MG). Atualmente é Arte Educadora no Serviço Especializado em Abordagem Social da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, desenvolvendo experiências artísticas com pessoas em situação de rua.

A live “Teatro e a Pandemia: Corporalidades na Educação” será no dia 15 de julho, às 17h no canal do Pensar a Educação Pensar o Brasil do YouTube.