Educação Democrática, luta e pesquisa

Fernando Penna (UFF) vem à Belo Horizonte para discutir a Educação Democrática como bandeira política e como campo de pesquisa

Depois de um ano repleto de diversas discussões o Pensar a Educação, Pensar o Brasil recebe o professor Fernando Penna da Universidade Federal Fluminense para a última conferência do Seminário Anual com o tema Educação no Brasil: tradições democráticas. Expoente nas discussões e pesquisas sobre educação democrática e ‘escola sem partido’, Fernando Penna propõe para a conferência do dia 28 de novembro uma palestra com o tema Educação Democrática: a luta constante pela democratização da escola.

Penna faz um convite para pensar a ‘educação democrática’, tanto como uma bandeira política atual, para marcar um novo momento na luta constante pela democratização da escola, quanto como um conceito analítico para embasar pesquisas acadêmicas. Para ele é importante caracterizar os ataques conservadores à educação democrática e refletir sobre estratégias de defesa. Sua proposta é utilizar os ataque à figura de Paulo Freire para melhor compreender as investidas do conservadorismo no campo da educação e pensar como suas contribuições continuam potentes para o debate sobre a democratização da escola.

Fernando de Araujo Penna é professor Adjunto da Faculdade de Educação da UFF e parte do corpo docente do Programa de Pós-Graduação em História Social da Faculdade de Formação de Professores da UERJ. Atualmente é coordenador do Movimento Educação Democrática e líder do grupo de pesquisa Núcleo de Estudos em Educação Democrática.

A Conferência “Educação Democrática: a luta constante pela democratização da escola” será no dia 28 de novembro, às 19h no Auditório Neidson Rodrigues, na Faculdade de Educação da UFMG. O debate terá transmissão ao vivo pelo canal do Projeto Pensar a Educação Pensar o Brasil no YouTube.