Matheus Da Cruz E Zica

 matheusczica@gmail.com

Licenciado em História pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Doutor e Pós-Doutor pela Faculdade de Educação da UFMG, na linha de História da Educação. Tem experiência em História da Educação, e atuou nos seguintes temas: educação e sua relação com a escravidão, com a construção de feminilidades e masculinidades, e com a literatura no século XIX brasileiro. Atualmente tem pesquisado a relação entre corpo e discurso em diferentes contextos culturais chineses e japoneses. É Professor Adjunto II do Departamento de Ciências das Religiões do Centro de Educação da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e Coordenador do Núcleo Xiu Shen – Estudos e Pesquisas em Culturas do Leste Asiático. Faz parte do Comitê Científico da revista especializada “Cultura Oriental”. Também é Professor do Programa de Pós-Graduação em Ciências das Religiões (UFPB) e do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG).

Uma refutação ao projeto Escola Sem Partido – exclusivo

Matheus da Cruz e Zica ​ Parte II ​ Iniciamos nossa crítica a esse projeto de lei intitulado “Escola Sem Partido”, assinado pelo Senador Magno Malta, em artigo anterior intitulado Parte I. A seguir continuamos com o trabalho de desconstrução epistemológica…

Série: Golpe da coalizão PiG/PBBB no Brasil (2016) em diálogo com O 18 Brumário de Luís Bonarparte (1852) – exclusivo

Matheus da Cruz e Zica Texto 4. Desfecho Temerário ​ Esse texto é o quarto e último da Série: Golpe da coalizão PiG /PBBB  no Brasil (2016), em diálogo com O 18 Brumário de Luís Bonarparte (1852), composta de 4 artigos…

Série: Golpe da coalizão PiG/PBBB no Brasil (2016) em diálogo com O 18 Brumário de Luís Bonarparte (1852) – exclusivo

Poderíamos ter aprofundado a democracia a partir das Jornadas de Junho de 2013   ​Matheus da Cruz e Zica   Esse texto é o terceiro da Série: Golpe da coalizão PiG /PBBB no Brasil (2016), em diálogo com O 18 Brumário…

Série: Golpe da coalizão PiG/PBBB no Brasil (2016) em diálogo com O 18 Brumário de Luís Bonarparte (1852) – exclusivo

Texto 2. O papel do Partido da Imprensa Golpista ​ Matheus da Cruz e Zica   Esse texto é o segundo da Série: Golpe da coalizão PiG /PBBB  no Brasil (2016), em diálogo com O 18 Brumário de Luís Bonarparte (1852),…

Série Golpe da coalizão PiG/PBBB no Brasil (2016) em diálogo com O 18 Brumário de Luís Bonaparte (1852) – exclusivo

Texto 1. A peculiar doença parlamentar de ontem e hoje ​ Matheus da Cruz e Zica ​ A sombra do golpe de Estado tornara-se tão familiar aos parisienses sob a forma de fantasma, que quando finalmente apareceu em carne e…

Série: Golpe da coalizão PiG/PBBB no Brasil (2016) em diálogo com O 18 Brumário de Luís Bonarparte (1852) – exclusivo

 Matheus da Cruz e Zica ​ Prólogo Os professores não são, certamente, apenas cientistas que se envolvem em questões da esfera pública política na perspectiva de um observador. Eles são também cidadãos da sociedade. E eventualmente tomam parte na vida…

A pedra cantada do atual desastre político brasileiro (de ontem)

Matheus da Cruz e Zica Não estamos falando aqui de bingo. Tratamos aqui de uma pedra que está cantada em melodias produzidas em décadas de nosso passado recente talvez hoje até lembradas, mas não levadas a sério em suas mensagens,…

Chamada I Colóquio de Estudos Chineses (CEC)

Matheus da Cruz e Zica O I Colóquio de Estudos Chineses acontecerá nas dependências do Centro de Educação da Universidade Federal da Paraíba (CE/UFPB), entre os dias 26 e 27 de Outubro de 2015, e conta com o apoio da…

Que Pai é o Pai do Dia dos Pais? – exclusivo

Matheus da Cruz e Zica No Cristianismo a figura do pai tem uma importância fundamental. O lugar de destaque que o catolicismo dá aos padres em detrimento das madres é representativo da assimetria de poder em relação a gênero dentro…

Tempo livre é coisa séria – exclusivo

Matheus da Cruz e Zica Como as crianças brasileiras têm experimentado o tempo em que não estão na escola? Brincam na rua? Mas a rua não se tornou o lugar do perigo para muitos brasileiros? Os shopping centers não são…