Menu

Ano 1 – nº 022 / sexta-feira, 04 de outubro de 2013

Fique atento às atrações do programa de rádio “Pensar a Educação Pensar o Brasil” do dia 07 de outubro de 2013

Todas as segundas-feiras, das 20h00 as 22h00, o programa Pensar a Educação Pensar o Brasil vai ao ar pela rádio UFMG Educativa 104,5 FM. No próximo dia 07 de outubro, o programa dará início ao ciclo de debates dos candidatos a reitor da UFMG. Além disso, teremos agenda educacional, sorteio de livros e muito mais! Você pode ouvir pela internet acessando AQUI.

Câmara do Rio aprova plano de carreira de professores municipais – Revista Valor Econômico

Sob protestos que ainda tumultuaram as ruas do centro do Rio, a Câmara Municipal aprovou na noite de hoje o novo plano de cargos e salários para professores municipais. A categoria está em greve há mais um mês.

Comissão especial buscará novas fontes de financiamento para a educação – Portal de Notícias do Senado

A busca por mais recursos para a educação ganhou força no Senado na tarde desta terça-feira (1º), com a instalação da comissão especial criada para propor soluções ao financiamento da educação no Brasil.

SBPC propõe ao Congresso Nacional um amplo debate sobre o ensino superior – Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência

A Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) encaminhou ontem (2) carta aos presidentes da Câmara dos Deputados, Henrique Alves, e do Senado Federal, Renan Calheiros, propondo que o Congresso Nacional realize um seminário para discutir a avaliação e a análise dos indicadores da Cs de qualidade do ensino superior no Brasil.

O papel dos jogos digitais no aprendizado – Diário Catarinense

Parece consenso dizer que criança gosta de brincar, jogar, fantasiar… Mas será que isso se dá apenas pelo prazer e diversão despertados? Não. Há na criança uma necessidade de brincar, jogar e fantasiar – é daí que a imaginação e o ato criador derivam.

Brasil, educação zero – Jornal O Globo

Há algumas semanas, voltou a circular pela internet um ranking de aprendizado mundial divulgado no final do ano passado pela Pearson, empresa inglesa dedicada à educação.

Brasil não prioriza intercâmbio e qualidade de artigos científicos – Jornal Folha de São Paulo

A queda da USP e da Unicamp neste ano no ranking THE precisa ser colocada em perspectiva mais ampla, tanto pelo que reflete com fidelidade a respeito do ensino superior brasileiro quanto pelo lado mais questionável desse tipo de avaliação.

Velhos professores para novas tecnologias – Jornal da Ciência

A qualidade do ensino, seja fundamental, médio ou superior, está relacionada com a qualidade do professor. Para garantir a excelência dos professores são necessárias políticas públicas voltadas para a formação e aperfeiçoamento desses profissionais.

Cresce o analfabetismo – Jornal O Estado de São Paulo

Depois da universalização das matrículas no ensino fundamental, que foi uma das principais conquistas do País das décadas de 1990 e 2000, era de esperar uma significativa melhoria na qualidade das escolas nos últimos anos.

Alunos e professores discutem o Ensino Médio Politécnico – Jornal Zero Hora

Pelos corredores das escolas e nas manifestações por melhorias na educação, o Ensino Médio Politécnico recebeu um apelido debochado: “politreco”. O sistema em implantação na rede estadual desde o ano passado tem provocado estranheza entre alunos e professores, que tentam se adaptar a novos métodos de avaliação e organização curricular.

Estudantes pedem maior transparência para o Enem – Jornal O Estado de Minas

Por causa do Enem, a virada de 2011 para 2012 não foi boa para Michael Cerqueira de Oliveira. O estudante de São Paulo, de 19 anos, recorreu à Justiça após descobrir que tivera a redação da prova anulada, o que frustraria seu sonho de entrar na universidade.

Bibliotecas públicas à espera de leitores – Jornal O Estado de São Paulo

Existem centenas de bibliotecas em São Paulo, de instituições públicas e privadas, cujo acesso é livre. Entretanto, muitas delas são praticamente desconhecidas da população – e permanecem quase vazias na maior parte do tempo.

Jovens continuam na academia após concluir a graduação – Jornal O Globo

Com um diploma em Engenharia Mecânica de uma universidade prestigiada na mão em um mercado carente de talentos, Felipe Alfaia certamente não teria dificuldade em encontrar um emprego promissor na iniciativa privada.

Pressão pela alfabetização – Revista Educação

Prova nacional para crianças do primeiro ciclo do ensino fundamental preocupa especialistas; eles temem que uma ênfase na medição possa mecanizar o processo e levar ao ranqueamento das escolas.

Educação a distância cresce mais que a presencial – Jornal Tribuna do Norte

A educação a distância (EAD) cresceu mais que a educação presencial de 2011 a 2012. Em um ano, houve um aumento de 12,2% nas matrículas da EAD, enquanto a educação presencial teve um aumento de 3,1%. Apesar do crescimento, o ensino a distância ainda representa 15,8% das matrículas.

Educação de mulheres pode diminuir pobreza, aponta estudo – Portal Aprendiz

O relatório do programa Educação para Todos, da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), divulgado nesta semana durante a Assembleia Geral das Nações Unidas, revela o impacto da educação na realidade dos países pobres ou em desenvolvimento.

PNE: texto do Senado reduz investimento em educação pública – Portal UOL

A sutileza da mudança está na ordem das palavras. Em vez de obrigar o governo federal a investir em educação pública, o texto do PNE (Plano Nacional da Educação) aprovado no Senado exige investimento público em educação.

O piso unificado dos docentes – Jornal O Estado de São Paulo

Dois anos depois de terem arguido a inconstitucionalidade da Lei 11.738 que impôs o piso salarial unificado para os professores da rede pública de ensino básico, em 2008, os governadores estaduais agora querem mudar a fórmula de correção dos salários da categoria.

A escola e o tempo – Revista Educação

Há dois anos, todos os professores da rede pública do Chile são avaliados. Em uma estrutura subsidiada pelo poder público, eles têm suas aulas gravadas em vídeo para depois serem avaliadas.

Paulo Gabriel Soledade Nacif: Ousar no conceito de qualidade – Jornal Folha de São Paulo

Apesar de todas as críticas possíveis, não podemos esquecer que as universidades são públicas ou atuam, quando privadas, sob concessão do Estado brasileiro.

‘Primeira infância é dever de todo mundo’ – Portal Porvir

Como levar um projeto social na área de educação para um maior número de beneficiados? E quem é responsável por isso: pais, escola, governo, ONGs?

Índice de reprovação é alto e faltam creches na rede pública do DF – Jornal Correio Braziliense

A situação da educação no Distrito Federal enfrenta uma crise. No ensino médio, os índices de reprovação e de evasão estão altos.  A distorção idade-série chega a 35,5%.

Aprendizagem ampliada pelas experiências mais ousadas – Jornal Gazeta do Povo

Engana-se quem acha que o estudo de Ciências no colégio é feito apenas no quadro- negro ou em frios laboratórios escolares. Com a evolução da tecnologia, experimentos complexos já começam a fazer parte da rotina dos alunos. 

Mais de 8 milhões de professores serão necessários no mundo até 2030, diz Unesco – Portal IG

A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) divulgou, nesta quarta-feira (3), dados que mostram que até 2030 serão necessários 8,4 milhões de professores para assegurar as necessidades educacionais de todas as crianças do ensino primário e secundário. 

Brasil é o penúltimo país em pesquisa sobre valorização de professor – Portal Uol

Uma pesquisa divulgada nesta quinta-feira (3) mostra que, entre 21 países, o Brasil fica em penúltimo lugar em relação ao respeito e à valorização dos seus professores. Para montar o Índice Global de Status de Professores, da Varkey GEMS, os estudiosos entrevistaram mil pessoas em cada um dos países.

Ouça a seção do programa “Pensar a Educação, Pensar o Brasil” da última segunda-feira, dia 30 de setembro  de 2013 com o professor Marcus Taborda

Tema: IBGE divulga dados do PENAD, Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio que a taxa de analfabetismo parou de cair no país e estacionou em 8,7% em 2012. Especialista manifesta preocupação quanto ao atraso na questão da alfabetização no Brasil.

Pesquisa educacional em pauta: (In)Justiça escolar: estaria em xeque a concepção clássica de democratização da educação? 

Este trabalho tem como objetivo examinar perspectivas clássicas e contemporâneas a respeito da escola que têm como alvo a igualdade de oportunidades e a meritocracia escolar. Partindo do pressuposto segundo o qual os conceitos de justiça e de justiça escolar gravitam em torno de determinadas concepções, recorremos primeiramente a duas abordagens teóricas.

 

Projeto Pensar a Educação, Pensar o Brasil 1822/2022

http://www.facebook.com/pensaraeducacaopensarobrasil

twitter.com/pensareducacao

EQUIPE:

Coordenação: Luciano Mendes

Conteúdo e Produção: Isabella Brandão

Editoração: Sandra Ribas

Divulgação: Hercules Santos e Marcella Franca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *