Dalvit Greiner De Paula – ALEXANDRE FROTA E O PINTO NO LIXO

Alexandre Frota e o pinto no lixo

Dalvit Greiner de Paula

 

Passou 2018, entramos 2019 e eu voltei a escrever neste latifúndio virtual. Não que eu tenha andado sem assunto, mas outras tarefas me levaram à reclusão. Não penal, mas parecido. Para começar o ano de 2019, apesar de todas as coisas toscas que vem acontecendo no país – e não me furto de nenhuma delas – resolvi tentar entender porque o ator de filmes pornográficos Alexandre Frota foi eleito deputado federal.

Não que seja um feito inédito, afinal de contas a atriz húngara Ilonna Staller, mais conhecida como Cicciolina, foi eleita deputada em 1987 na Itália. Tentou usar o sexo como moeda de troca na política internacional quando se ofereceu a Sadam Hussein, então presidente do Iraque, em troca de reféns. Não obteve sucesso. Não foi reeleita e deu-se provisoriamente satisfeita, não sem antes abocanhar do Estado italiano uma pensão vitalícia anual de 39 mil euros. Agora, lançou um livro de memórias como forma de apoio ao seu novo partido político, o DNA – Democracia, Natureza e Amor. Quem quiser saber mais basta clicar no youtube o documentário “Os escândalos de Cicciolina”.

Já Alexandre Frota tem um currículo recheado. Ele é ex-tudo: ator, diretor, ator-pornô, modelo, comediante, jogador de futebol americano, apresentador e, atualmente, é empresário e político. Sua referência pornô-artística(?) é a série pornográfica Brasileirinhas. Foi eleito deputado federal pelo PSL – Partido Social Liberal pelo estado de São Paulo. O mesmo partido do presidente da República. Aliás, fico tentando entender o que esse partido tem de social e de liberal. O bad-boy hoje posa de bom mocinho, daquele tipo que quer ser seu genro e faz de tudo para te ganhar. Começando pelo voto. Conseguiu 155.522 votos.

Fica então a pergunta: quais interesses sociais o deputado Alexandre Frota defende? Não localizamos nenhum em suas propagandas políticas. Mas, para começar, Frota se diz fundador do MBL – Movimento Brasil Livre e hoje briga pelo nome com os demais famosos do grupo. Mas, isso não interessa. A plataforma do MBL todos nós conhecemos seja ela presidida por qualquer outro anencéfalo. Frota ainda disputa e discute o movimento “Escola Sem Partido”. Duvidando que Frota tenha pisado num chão de escola depois que concluiu seu ensino médio tenho absoluta certeza que sequer compareceu nas reuniões de pais das escolas de seus filhos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *