Ano 5 – Nº 179 / sexta-feira, 20 de outubro de 2017

EDITORIAIS

Para quem vai o nosso luto?

Uma das funções mais importantes cumprida pelas mídias, desde o seu nascimento, é a educação das sensibilidades, ou das insensibilidades, das populações.  Envolvidas com as causas as mais diversas até o século XIX, os jornais, as revistas e as casas editoriais de um modo geral, tiveram um papel central na construção das relações e das sensibilidades que constituíram o mundo moderno. Transformadas em empresas de “comunicação”, sobretudo a partir do século XIX, os grupos editoriais passaram, cada vez mais, a expandir e dar visibilidades aos projetos de expansão aos nacionalismos e aos projetos imperialistas os mais diversos. Leia mais.

O Indecoroso Parlamentar

Esta foi uma semana de atentados contra a democracia, o Estado de Direito e contra os direitos civis e sociais no Brasil. Na segunda feira, uma Portaria do Ministério do Trabalho criou dificuldades para a tipificação, a fiscalização e a punição do trabalho escravo no Brasil. Na terça, o Senado, contrariando todas as evidências de crimes, mas com a cumplicidade do STF, restituiu todas as prerrogativas do mandato do senador Aécio Neves. Na quarta feira, a Comissão de Constituição e Justiça aprovou parecer contrário à continuidade do processo contra o golpista Temer e parte da quadrilha que tomou de assalto a República. Leia mais.

NAS ONDAS DA EDUCAÇÃO
Na próxima segunda, dia 23 de outubro, o programa de rádio Pensar a Educação, Pensar o Brasil receberá o professor Moacir Fagundes de Freitas e a estudante de história Luiza Parreira para falar sobre o projeto “Entre o Diário de Anne Frank e a História em Quadrinhos: Estudantes Construindo a História de um Bairro” que realizam na Escola Municipal Anne Frank.

Segunda também tem as colunas Educação em Pauta com o professor Marcus Taborda, Pensando Bem, a Agenda da Educação e a Sessão Belim Beleza.

Todas as segundas-feiras, das 20h00 às 22h00, o programa Pensar a Educação, Pensar o Brasil vai ao ar pela  Rádio UFMG Educativa 104,5 FM.

ENTREVISTA
Os caminhos da docência – Professor Joelcio Fernandes Pinto
O programa de rádio Pensar a Educação, Pensar o Brasil do dia 16 de outubro recebeu o Professor Joelcio Fernandes Pinto da PUC-Minas. O docente que já passou pela educação básica e hoje atua na formação de novos educadores falou de sua trajetória como professor, desde a escolha da profissão, até hoje, quando forma novos profissionais.

CONVITE À LEITURA
Como nasce um professor, de Ecleide Curnico Funaletto – João Victor da Fonseca Oliveira – EXCLUSIVO
Aprender é tornar novo aquilo que outrora desconhecido ilumina nossa própria condição. Aprender marca sempre um nascimento.

EDUCAÇÃO EM DEBATE
Educação, direitos e sociedade: as Manifestações de 2013 – Elisandra Sônia e Silva e Vagner Luciano de Andrade – EXCLUSIVO
Desde que o homem vive em coletividade viu-se a necessidade de organizar modos de viver que, pelo menos, agradem a maioria. Essa maioria, muitas vezes, não têm o que clama, originando os movimentos reivindicatórios.

Divagações sobre a escrita de cartas em tempos de guerra e (des)informações – Joaquim Ramos – EXCLUSIVO
Qualquer sociedade sem educação e sem senso crítico, sucumbe! Estamos trilhando esse caminho?

Produzindo analfabetos – Dalvit Greiner – EXCLUSIVO
Era preciso convencer os professores e professoras a não “dar bombas”. Deixar que os estudantes seguissem o roteiro, mesmo sem as habilidades e competências escolares necessárias.

Erros na aprendizagem: como lidar com eles? – Raquel Speck – EXCLUSIVO
Transformar a ideia de fracasso em uma nova oportunidade de aprendizagem, torna-se um caminho pedagógico viável para permitir novas compreensões.

Políticas de ação afirmativa na universidade: reafirmações, tensões, algo do que dizem sobre o nosso tempo – Alexandre Vaz – EXCLUSIVO
Desde os primeiros debates sobre a implantação das políticas de ação afirmativa para o ingresso na Universidade Pública se acirram as controvérsias.

Carta aberta para Kalil – Frente em Defesa da Educação Democrática
Carta Aberta ao Prefeito Alexandre Kalil – sobre a (des)reforma organizacional da Secretaria Municipal de Educação de Belo Horizonte: o combate à promoção da igualdade de gênero.

NOTA TÉCNICA DO GT de Formação de professores da Universidade de Pernambuco (UPE) sobre a Política Nacional de Formação de Professores, lançada pelo MEC no dia 18/10/17 – GT de Formação de professores da UPE
O grupo de trabalho de Formação de Professores da UPE avalia a versão preliminar da Política Nacional de Formação de Professores.

Dia do Professor – Educação em Pauta – Marcus Taborda
No dia 15 de outubro de 1827, o Imperador D. Pedro I instituiu um decreto que organizou a Escola Elementar no Brasil. Com o tempo os próprios professores passaram a celebrar a data que foi institucionalizada como Dia do Professor em 1963. Na coluna de hoje o professor Marcus Taborda conversou com o jornalista Vinicius Luiz sobre a celebração. A coluna Educação em Pauta é produzida pelo núcleo de jornalismo da Radio UFMG Educativa.

Cortes nos investimentos e orçamento nas áreas sociais – Beatriz Cerqueira – Pensando Bem
Esta semana, a coordenadora geral do Sind-UTE Minas, Beatriz Cerqueira, falou sobre os cortes nos investimentos e orçamento por 20 anos e como isso afeta as áreas sociais. Vários programas sociais estão sendo cortados, como é o caso do Bolsa família.

Nota de repúdio ao prefeito Alexandre Kalil – REDEBH
O prefeito demonstra seu completo desrespeito com os trabalhadores em educação e o conjunto dos servidores municipais.

Leia mais.

ENTREMEMÓRIAS
“É um prazer falar sobre minha infância”: história oral na escuta de memórias de infância de professoras em diferentes décadas – João Dimas Nazário – EXCLUSIVO
Trabalhar com memória oral torna-se possibilidade de ouvir minorias e valorizar todos aqueles que estejam representados nas pesquisas e investigações.

PESQUISA EDUCACIONAL
SILVA, Maria Gabriela Queiroz e EHRENBERG, Mônica Caldas – Atividades culturais e esportivas extracurriculares: influência sobre a vida escolar do discente – Revista Pro-Posições (UNICAMP)
Apresentando a problemática “O exercício de atividades culturais e esportivas extracurriculares pode influir no rendimento acadêmico do aluno?”, a presente pesquisa incumbiu-se de investigar a relação da prática de atividades culturais e esportivas extracurriculares no desenvolvimento do estudante.

CIÊNCIA E TECNOLOGIA
As crianças querem saber sobre ciência! – Thacyane Martinelli – EXCLUSIVO
Foi tentando traduzir o conhecimento científico, a linguagem das crianças e aproximando os dois mundos que o biólogo Guilherme Malafaia criou o livro “Querido cientista”.

Leia mais.

EDUCAÇÃO PELO BRASIL
Com evasão escolar empacada, país levaria 200 anos para incluir jovens – Folha de São Paulo
56% dos jovens de 15 a 17 anos hoje na escola estão atrasados, ainda no ensino fundamental.

Leia mais.

​AMÉRICA LATINA
83 centros educativos no han podido reanudar lecciones – Costa Rica Hoy, Costa Rica
Alrededor de 1000 estudiantes de 83 centros educativos del país no han podido volver a las aulas, tras los estragos ocasionados por la tormenta s

Leia mais.

​PENSAR INDICA
O Conselho Internacional de Educação de Pessoas Adultas (ICAE) é uma associação global de educandos/as, educadores e educadoras e organizações de pessoas adultas. As questões ambientais, de gênero e a educação popular são chave na atuação do ICAE. Fundado em 1972, o ICAE representa mais de 800 organizações com a missão de promover a educação para jovens e adultos em busca da justiça social dentro do marco do direito humano em todas as suas dimensões, para assegurar o desenvolvimento saudável, sustentável e democrático de indivíduos, comunidades e sociedades.

​INDICAÇÃO DO LEITOR
Sandra Ribas
Exposições de grandes coleções vão reunir peças raras do Brasil e mundo
Durante seis dias, de 24 a 29 de outubro, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, Brasília vai recepcionar cinco exposições simultâneas em um único espaço: o Colecionar 2017. Só pra se ter uma ideia, o evento vai recepcionar a Exposição Internacional de Filatelia e a Exposição Nacional.

Participe do nosso jornal enviando sua opinião ou comentário para o e-mail: jornalpepb@gmail.com

OPINIÃO DO LEITOR
Alessandra
– em 11/10/2017 (EDITORIAL – Edição 178 – 11/10/2017 – Ser professor, hoje!)
O texto me remete à Lei 22623, de 27/07/2017. Infelizmente, se a/o professora/professor é agredida/o, quem tem que sair do espaço escolar é a/o docente. Penso que é uma injustiça com docentes e discentes. Por que todos vão pagar pela violência cometida por uma/um aluna/aluno? Por que não é a/o própria/o agressora/agressor que tem que mudar de escola ou ser afastada/o? Entendo também que a prioridade da escola é ensinar conteúdos. Através desses conteúdos, há formação para o exercício da cidadania. Ler mais.

Participe do nosso jornal enviando sua opinião ou comentário para o e-mail: jornalpepb@gmail.com

TIRINHA
RIBS

 

É permitida a reprodução dos textos exclusivos, desde que seja citada a fonte.

O conteúdo dos textos publicados pelo Pensar a Educação em Pauta é de inteira responsabilidade de seus respectivos autores e não expressa necessariamente as opiniões de seus editores.

Projeto Pensar a Educação, Pensar o Brasil 1822/2022

Coordenação Geral – Luciano Mendes de Faria Filho e Tarcísio Mauro Vago

Pensar a Educação em Pauta
Coordenação Geral – Priscilla Bahiense e Luciano Mendes
Diagramação: Diogo Nascimento e Maria G. Lara

Av. Antônio Carlos, 6627 – Belo Horizonte – MG – CEP: 31270-901
E-mail: jornalpepb@gmail.com – Telefone: (31) 3409-5355