Mesa-redonda “Diplomacia Acadêmico-científico Brasileira E Suas Relações Com As Ciências Humanas E Sociais Aplicadas” - Foto: Maria G. Lara

O conservadorismo e a Universidade laica

No dia 17 de julho, como parte da programação da 69ª Reunião Anual da SBPC, foi realizada a mesa-redonda “Formação de professores na universidade laica”. O debate foi em torno dos desafios de ser um professor de licenciatura numa universidade pública e laica, mesmo que num país onde 87% da população se declara cristã. Esteve presente na mesa o professor Luís Fernando Dorvillé, da Faculdade de Formação de Professores da Universidade Estadual do Rio de Janeiro, com quem a repórter Maria Gabriela Lara conversou sobre o assunto.

 

Luís Dorvillé discute os desafios da formação de professores na universidade laica

Professor Luís Dorvillé discute os desafios da formação de professores na universidade laica. Foto: Maria G. Lara

Também compuseram a mesa os professores Carlos Roberto Jamil Cury da PUC -Minas e Lygia Baptista Pauletto da Universidade Federal Fluminense, além do professor José Raimundo Neto da UFMG que coordenou o debate. A programação da Reunião continua até o dia 22 de julho no campus Pampulha da UFMG.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *