Pensar A Educação Em Revista

Edital para Professor Visitante

Foi lançado o Edital para o concurso para uma vaga de Professor Visitante junto ao Projeto Pensar a Educação. A lotação será no Departamento de Ciências Aplicadas à Educação da Faculdade de Educação, mas o trabalho será realizado junto ao Projeto. A vaga foi concedida pela UFMG a partir de edital interno lançado no ano passado.

Dada à duração, abrangência, multiplicidade e interdisciplinaridade do Programa Pensar a Educação Pensar o Brasil, pensamos que é o momento de realizarmos uma avaliação abrangente e criteriosa de suas ações, sobretudo no que diz respeito às ações de comunicação e de interface com a educação básica. Apesar realizarmos monitoramento contínuo das ações desenvolvidas e de sermos avaliados anualmente pela PROEx, chegou o momento de submetermos o Programa ao crivo de um olhar especializado e externo à equipe e, mesmo, à UFMG. Essa é uma condição fundamental para darmos mais eficiência e eficácia às ações, de otimizarmos os recursos financeiros e de pessoal mobilizados pelo Programa e para planejarmos a ações para os próximos anos.

É reconhecido por todos(as) que atuam na área de extensão que nos faltam indicadores mais precisos para avaliarmos a qualidade, a eficiência e a eficácia de nossos Programas e Projetos. Este tem, inclusive, um item quase que obrigatório dos encontros de ou sobre extensão que ocorrem em todo o país. Diane disso, nossa proposta é que o Professor Visitante que contrataremos possa utilizar o Programa Pensar a Educação como um estudo de caso – na forma de Pesquisa Participante ou Pesquisa Ação – para a produção de indicadores de avaliação e monitoramento que possam ser testados e utilizados em ou por outros Projetos e Programas de Extensão em todo o país. Neste sentido, dada das características do Programa Pensar a Educação, Pensar o Brasil – duração, abrangência, número de ações, interdisciplinaridade, interinstitucionalidade, número de pessoas que mobilizar, dentre outras – a sua avaliação como um estudo de caso para produção ou refinamento de indicadores de avaliação da extensão pode ter um importante efeito multiplicador.

As inscrições vão até o dia 15 de maio de 2019.