Professor Marcus Taborda

Ciência e Corrupção no Brasil

Empregando métodos e ferramentas computacionais, cinco pesquisadores analisaram 65 escândalos de corrupção que ocorreram no Brasil de 1987 a 2014, nos quais 404 pessoas estavam envolvidas. O estudo resultou numa densa e complexa rede de corrupção na qual certos nomes são bem comuns. O trabalho realizado por cinco pesquisadores da USP foi assunto da conversa de hoje entre o jornalista Vinicius Luiz e o Professor Marcos Taborda. O professor destaca como a ciência exata pode contribuir na análise das ciências humanas e de que forma esse modelo auxilia na compreensão da corrupção no Brasil.