Beatriz

Perspectivas para a educação em 2018

Desde o início de março as educadoras e educadores do Estado de Minas Gerais estão em greve. Os profissionais exigem o cumprimento do acordo assinado entre o Sindicato e o governo do Estado para o pagamento do Piso Salarial nacional. Além disso, pedem o fim do parcelamento dos salários e do 13º. A agenda do Sindicato Único dos trabalhadores em Educação de Minas Gerais ainda conta com questões de infraestrutura nas escolas. Pra falar melhor das lutas na educação em 2018, recebemos a presidenta da CUT-Minas e coordenadora geral do Sind-UTE Minas, a professora Beatriz Cerqueira.