Via Rizzoli Di Domenica

Conferência “O direito à cidade entre debate e ação”

 

 Movimentos sociais e pesquisadores discutem o direito à cidade.

No dia 31 de agosto o Pensar a Educação, Pensar o Brasil recebe Leonardo Péricles Vieira (MLB) e o professor Sergio Martins (UFMG) para abrir o segundo semestre do seu XI Seminário Anual “A Universidade e a Cidade”.

A conferência “O direito à cidade entre debate e ação” busca estabelecer um diálogo entre os movimentos sociais e a Academia, explorando as similitudes, mas também as contradições nos discursos e práticas “distintas” especialmente sobre a questão do direito à cidade. A partir da questão do direito à moradia, é possivel tocar em temas como o déficit habitacional na cidade de Belo Horizonte e Região Metropolitana, a especulação imobiliária na cidade, as políticas de habitacionais dos últimos 10 anos, perspectivas sobre a moradia na cidade de Belo Horizonte a partir das ações de governos e estados para os próximos anos e estratégias de intervenção sobre as políticas públicas.

Leonardo Péricles Vieira Roque é coordenador nacional do Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas (MLB) e Auditoria Cidadã da Dívida. O MBL é um movimento social de amplitude nacional criado em 1999 em Pernambuco e luta pela reforma urbana e pelo direito humano de morar dignamente. A Auditoria Cidadã da Dívida é uma associação sem fins lucrativos que busca investigar o endividamento público brasileiro – interno e externo – visando a promover uma auditoria que se denomina cidadã, exatamente pelo fato de estar sendo realizada por cidadãos e para os cidadãos.

O professor Sérgio Martins é mestre e doutor em geografia pela USP, professor de Geografia Urbana do IGC/UFMG. Ele coordena o Núcleo de Geografia Urbana na instituição e pesquisa a relação entre Universidade, cidade, democracia e movimentos sociais, tendo, inclusive, lecionado uma disciplina com essa temática no último semestre.

A conferência do dia 31 de agosto será às 19h no Auditório Neidson Rodrigues, na Faculdade de Educação da UFMG. O debate  terá transmissão, ao vivo, pelo canal do Projeto Pensar a Educação, Pensar o Brasil no YouTube.

Outras informações em www.pensaraeducacao.com.br, pensar@ufmg.br, Facebook  e pelos telefones (31)3409-5355 e (31) 98212-5621